Reflexão

Catedral celebra Corpus Christi

A Paróquia São José, no Centro de Criciúma, realizou sua tradicional missa campal na Praça do Congresso.

Divulgação

Nesta quinta-feira, 20, a Igreja Católica celebrou a Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo – o Corpus Christi. A Paróquia São José, no Centro de Criciúma, realizou sua tradicional missa campal na Praça do Congresso, que culminou com a bênção com o Santíssimo Sacramento, no átrio da Catedral, após a procissão solene pelas ruas sobre os tapetes confeccionados por pastorais e movimentos e colégios católicos. A missa foi presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Jacinto Inacio Flach, e concelebrada pelo pároco e Coordenador Diocesano de Pastoral, padre Antônio da Silva Miguel Júnior, e pelo vigário, padre Eloir Borges.

Dom Jacinto dedicou a celebração eucarística na intenção pelos doentes, idosos e desempregados, para que tenham o conforto do Pão do céu e também o pão de cada dia. Em sua homilia, o Bispo enfatizou a mensagem de Jesus no Evangelho onde multiplica os pães. “Quando Jesus transforma os pães, é um prenúncio do que, mais tarde, Ele vai oferecer para a humanidade. Este sacramento é o que de mais precioso temos na terra, a presença viva, real de Jesus no meio de nós. Gosto da expressão de um teólogo que dizia que as comidas normais são digeridas e transformadas em nosso corpo, mas a Eucaristia faz outro processo, que é a ‘cristificação’. Temos como exemplo os santos e santas: na vida de muitos deles, vemos a presença de Cristo, eles se alimentam da Palavra de Deus e do Corpo do Senhor. ‘Quem come minha carne e bebe meu sangue terá a vida eterna’. Algo maravilhoso e grande que já está acontecendo dentro de nós, no dia a dia da nossa vida”, frisou o epíscopo ao se referir ao sacramento da Eucaristia, instituído pelo próprio Cristo antes de sua paixão, morte e ressurreição.

Dom Jacinto também agradeceu o carinho e zelo de todos os que se dedicaram à confecção de tapetes para Jesus passar. “Vejo uma expressão muito bonita de fé por parte do povo”, disse. Ao realizar o trajeto de adoração pública até a Catedral, Dom Jacinto manifestou a intenção pela bênção sobre toda a cidade e todas as famílias, além de idosos e enfermos.

Colaboração: Comunicação Diocese de Criciúma 

Notícias Relacionadas

Garis participam de café comemorativo com prefeito em celebração ao dia da profissão

O prefeito Valdir aproveitou a oportunidade para agradecer aos colaboradores

Paróquia Sagrada Família receberá sangue de São João Paulo II

O momento de júbilo e ação de graças, marcado também pela bênção do novo estacionamento ao lado da igreja.

Governo de Lauro Müller decreta ponto facultativo nesta quinta e sexta-feira

Comarca de Criciúma celebra 75 anos de instalação com exposição e sessão solene

A mostra acontece até o dia 22/03 e pode ser visitada pelo público de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h, na sede da comarca, no Fórum Desembargador Euclides de Cerqueira Cintra.