Trânsito

Ciclista morre em SC após ser atropelado por carro; motorista não prestou socorro

Adir Caetano, 47, chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos

Divulgação

O ciclista Adir Caetano, de 47 anos, morreu atropelado por um carro na noite desta segunda-feira (22), na Rua Gustavo Zimmermann, no bairro Itoupava Central em Blumenau. De acordo com o Samu, que atendeu a ocorrência, o motorista fugiu do local sem prestar socorro à vítima.

Adir chegou a ser levado ao Hospital Santo Antônio, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu ainda na noite de segunda. Natural de Campo Erê, no Oeste catarinense, ele trabalhava como estofador em Blumenau, era casado e deixa a esposa.

Nas redes sociais, amigos lamentaram a perda e desejaram força à família.

“Muito triste, uma tragédia sem tamanho”, diz um comentário escrito por Antônio Caetano. “E pensar que eu não vou mais ouvir ‘o Renan, tá fazendo o quê’. Eu te amo tio, vou sentir sua falta”, escreveu o sobrinho Renan Caetano.

A despedida de Adir acontece em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, onde ele tem familiares.

Essa é a 23ª morte registrada no perímetro urbano de Blumenau neste ano, conforme dados da Seterb. Na última sexta-feira, vale lembrar, um atropelamento na Itoupava Seca matou José Paulo Formento, de 74 anos. Ao todo, só nesses primeiros 11 meses de 2021, a cidade já ultrapassou o número de óbitos registrados em 2020, que foi de 21.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Natal Show da Educação em Braço do Norte é cancelado

A medida se faz necessária para cumprir as Portarias n. 1303/2021 e n. 1305/2021, ambas da Secretaria de Estado da Saúde

Satc lança curso de elétrica para funcionários de cooperativas

Curso, que terá seu início em março de 2022 é destinado a técnicos, engenheiros ou pessoas que interagem em manutenção e construção de redes de energia elétrica

PP de Lauro Müller promoverá Convenção Municipal nesta quinta-feira

O evento ocorrerá a partir das 19h30min, no Balneário Godinho, e contará com a presença de lideranças estaduais.

Cidades de SC alteram programação de Réveillon após portaria com novas regras para eventos

Protocolo do governo proíbe eventos com mais de 500 pessoas e que provoquem aglomerações