Geral

Cidades de SC têm protesto pró e contra Bolsonaro no Dia do Trabalhador

Em Criciúma, a mobilização é realizada desde as 9 horas na rua Gente

Diuvlgação

Moradores de cidades catarinenses saem às ruas, na manhã deste sábado (1º), para protestar contra e a favor do governo do presidente Jair Bolsonaro.

As mobilizações foram organizadas por grupos sindicais que se locomovem em carreatas durante o feriado do Dia do Trabalhador. Dentre as principais pautas defendidas pelos grupos estão a vacinação em massa, pedido pelo retorno do auxílio emergencial, defesa da CPI da Covid e saída do presidente da República. 

Em Criciúma, a mobilização é realizada desde as 9 horas na rua Gente. O grupo se deslocou em carreata pela avenida Centenário em direção à Praça da Liberdade, no bairro Santa Luiza. Segundo os organizadores, mais de 70 carros participaram do movimento. 

Os grupos também arrecadaram alimentos, durante o evento, que serão destinados a pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Já em Florianópolis, a manifestação deixou o trânsito completamente parado na beira-mar, sentido Norte. Confira as fotos:

  • protesto1
  • protesto2
  • PROTESTO3
  • protesto4

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Justiça condena empresa que vendeu mas não entregou R$ 2 milhões em máscaras a SC

A distribuidora foi penalizada com multa de 10% sobre o contrato e ainda foi suspensa de participar de novas licitações pelo prazo de seis meses

Secretária de Saúde de Braço do Norte libera 1.356 exames com investimento de mais de R$ 170 mil

Conforme o secretário da Saúde, Sérgio Fernando Domingos Arent, as pessoas que estão à espera dos procedimentos podem ficar tranquilas, pois a Secretaria de Saúde vai entrar em contato para o agendamento

Homem é detido após quebrar imagens da Igreja Matriz, em Treze de Maio

Antes de ir à igreja, ele esteve no posto de saúde central e atacou funcionários e destruiu móveis

Estiagem em SC: Epagri divulga manejos recomendados para diminuir prejuízos nos cultivos

Das 34 estações hidrológicas de monitoramento de nível de rios da Epagri/Ciram no estado, 20 apresentam situação de estiagem