Geral

Cobusiness Satc planeja consolidação para 2022

Inaugurado há quatro meses, programa de inovação corporativa já resultou em ganhos para empresas parceiras

Divulgação

Com pouco mais de quatro meses de funcionamento, o Cobusiness Satc já resultou em ganhos para as empresas parceiras. Mesmo em período de formação para colocar as organizações e trainees no mesmo patamar de conhecimento a nível de inovação, grandes ideias já surgiram dentro do ambiente, que resultaram em resoluções de problemas e mais geração de lucros. A expectativa é que em 2022, o espaço seja consolidado e gere fortes impactos na economia regional.

Além do processo de formação, neste primeiro período, o programa promoveu áreas de capacitação e network entre as empresas, desenvolvendo sinergia entre elas para atuarem na resolução de problemas. Segundo o engenheiro de Computação, Gustavo De Lucca, que está comandando o Cobusiness, foram meses de ganhos e aprendizados.

“Já recebemos muitos feedbacks positivos das empresas. Não tenho dúvidas que 2022 será o ano de consolidação do Cobusiness, o que vai gerar muito retorno para a economia local. Isso porque o programa busca gerar inovações para as empresas, o que melhora os negócios e impacta positivamente milhares de empregos”, destaca.

Atualmente, seis empresas já estão imersas no Cobusiness. As cinco vagas disponíveis devem ser preenchidas até o mês de maio, já que segundo De Lucca, há empresas interessadas em entrarem na próxima turma.

Experiência desafiadora e gratificante

O Grupo EZOS foi um dos que apostaram no Cobusiness para impulsionar o crescimento dos negócios. Para o sponsor do Comitê de Inovação do Conselho de Administração do grupo, conselheiro Henrique Mezzari, os primeiros meses foram desafiadores e, ao mesmo tempo, gratificante. “Para o nosso grupo, que desde 2020 tem se estruturado e gerido empresas tradicionais no mercado, algumas com mais de 50 anos, respirar inovação é uma oportunidade de olhar para o futuro, fazer novos planos e sonhar novas metas”, ressalta.

Segundo o conselheiro, desde o primeiro encontro o grupo já observou vantagens em ter ingressado no programa. “Pensar, agir e planejar a inovação tem trazido um novo olhar para os empreendimentos, uma nova visão sobre o modelo de negócio, novas interações, novos projetos e inúmeras possibilidades que estão quebrando paradigmas, trazendo um potencial competitivo novo de mercado para os negócios”, completa.

Dentre os benefícios oferecidos pelo programa, as metodologias ágeis e a possibilidade de conhecer mais sobre startups e fintechs foram essenciais para que o grupo enxergasse novas possibilidades de negócios. Para o futuro, as expectativas giram em torno de alcançar novos e promissores resultados, e integrar ainda mais a gestão e diretores de operações dos negócios à iniciativa.

Notícias Relacionadas

Onda de calor segue no Sul e temperatura pode chegar a 40º em SC

Aviso é da Defesa Civil de Santa Catarina

Criciúma: vacinação contra a Covid-19 é retomada nesta segunda-feira

Imunização para crianças de 5 a 11 anos vai iniciar nesta terça-feira, 18, após organização da logística de aplicação

Busca por vítima de naufrágio em Laguna é retomada nesta segunda-feira

Buscas pela vítima estão sendo feitas pela Marinha, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros desde a sexta-feira, 25

CCR ViaCosteira informa cronograma semanal de obras na BR-101 Sul

Veja as ações a serem feitas entre os dias 17 e 23 janeiro. O cronograma poderá sofrer alterações e, em caso de condições climáticas desfavoráveis, os serviços serão reprogramados