Geral

Coronavírus em SC: Governador prorroga restrição de convívio social por mais sete dias

Decisão foi tomada após reunião com prefeitos e chefes dos Poderes

Divulgação/Secom

O período de restrições ao convívio social em Santa Catarina será prorrogado por mais sete dias a partir de quarta-feira, 1º de abril. A decisão foi comunicada pelo governador Carlos Moisés, neste domingo (29). A renovação do decreto atende às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a prevenção ao contágio por coronavírus. O comércio permanecerá fechado, exceto as atividades consideradas essenciais.

“Vidas não têm preço. A economia e os empregos nós poderemos recuperar, mas as vidas não. O momento é de ficar em casa. Vamos seguir as recomendações das autoridades de saúde, inclusive do ministro Luiz Henrique Mandetta, que ontem atestou que a melhor forma de manter o controle do coronavírus é o isolamento social”, ressaltou Carlos Moisés.

De acordo com ele, a determinação também se baseia na experiência de cidades e países que demoraram a agir e agora não têm capacidade para conter o avanço da COVID-19. A medida está alinhada ao que propõe o Ministério da Saúde, para que o Sistema Único de Saúde (SUS) tenha tempo de preparar melhor a estrutura e os profissionais de saúde.

Reuniões com prefeitos e chefe dos Poderes

Na manhã deste domingo, o chefe do Executivo estadual comunicou a decisão aos prefeitos e, à tarde, se reuniu com os chefes dos demais Poderes. “Aproveitamos para reiterar o pedido de apoio à autoridade sanitária Estadual e informamos a necessidade seguindo as medidas da OMS na prevenção ao contágio do coronavírus, uma prorrogação de sete dias na quarentena já estabelecida em Santa Catarina”, afirmou o governador.

O objetivo da reunião com os prefeitos das maiores cidades do Estado e presidentes das 21 Associações de Municípios foi alinhar as ações nas esferas estadual e municipal. O governador solicitou aos gestores das cidades que as medidas adotadas estejam iguais às definidas pelo Governo do Estado. O canal de comunicação dessas ações ficará centralizado Secretaria de Estado da Saúde (SES) e na Secretaria Executiva de Comunicação (Secom).

À tarde, Carlos Moisés se reuniu com os chefes dos Poderes do Estado. “Tivemos uma boa conversa no sentido de reforçar o apoio à autoridade sanitária, para que tenhamos um alinhamento das ações e o acatamento em toda Santa Catarina das normas expedidas pelo Governo do Estado”, relatou o governador.

A reunião teve a presença dos presidentes do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Ricardo Roesler, do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SC), Adircélio de Moraes Ferreira Júnior, da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), Julio Garcia, e do procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), Fernando da Silva Comin.

Notícias Relacionadas

Celebre com o Blume Motel: reserve uma suíte decorada e ganhe um espumante

Em comemoração ao aniversário de um ano, durante o mês de junho, as reservas com decoração especial entre segunda e quinta-feira ganham de brinde um espumante Moscatel Rosé.

Candidatas à Rainha da VIII Cocalfest se reúnem em primeiro encontro

As meninas se reuniram no sábado (19) em um café com os jurados para se conhecerem e conhecerem como irá funcionar a edição deste ano

Covid-19: Consequências cerebrais devem ser observadas, alerta neurocirurgião

Após contrair o vírus várias pessoas relatam desde queda de cabelo, cansaço, passando por dores de cabeça frequentes, diminuição da capacidade de raciocínio, de memória, entre outros tipos de sequelas e sintomas, alguns duradouros e persistentes

Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro

Imunizante da Janssen contra covid-19 tem dose única