Geral

Covid-19: ANTT define novas medidas para o transporte interestadual

Resoluções valem apenas para o transporte rodoviário

Foto por: Elza Fiúza

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) estabeleceu novas medidas a serem adotadas nos serviços de transporte rodoviário interestadual e internacional de passageiros para prevenção à disseminação do novo coronavírus. A resolução que atualiza regras já determinadas pela agência foi publicada hoje (26) no Diário Oficial da União, e, diferente da norma anterior, não trata do transporte ferroviário de passageiros.

A nova resolução entra em vigor em 1º de dezembro e valerá enquanto durar a situação de emergência de saúde pública, definida pelo Ministério da Saúde. O serviço de transporte internacional continua suspenso, enquanto houver a restrição de entrada de estrangeiros no país. Entretanto, a ANTT pode autorizar o transporte em casos excepcionais, como o retorno de brasileiros ou estrangeiros aos seus respectivos países de origem.

De acordo com a norma, as empresas que operam os serviços de passageiros devem adotar medidas para limpeza e desinfecção dos veículos, em especial para manter a qualidade do ambiente climatizado e impedir a proliferação de microrganismos nocivos à saúde. As empresas também devem criar estratégias para minimizar o contato entre os passageiros e instruí-los, a cada viagem, acerca das medidas básicas de higienização.

No caso de veículos não climatizados, a ANTT recomenda que as janelas permaneçam abertas durante a viagem.

Com informações da Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Nove Mulheres são Homenageadas pela Câmara de Lauro Müller

A Sessão Solene lembra a passagem do Dia Internacional da Mulher comemorado nesta segunda-feira, 8 de março de 2021.

Idosos de São Ludgero com 81 e 82 anos recebem a primeira dose da vacina contra Covid-19

Acidente de trânsito fatal é registrado em Braço do Norte

O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal

Polícia Civil de SC realiza operação de combate à violência contra mulher em conjunto com Ministério da Justiça

Nesta segunda-feira (8), serão realizadas fiscalizações de medidas protetivas pelo Estado com as vítimas