Saúde

Covid-19: Brasil tem 6,57 milhões de casos e 176,6 mil mortes

Foram registrados 43.209 infectados desde ontem

Divulgação

As vidas perdidas em função da pandemia do novo coronavírus chegaram a 176.628 na atualização divulgada pelo Ministério da Saúde hoje (5). Nas 24 horas desde o boletim de ontem, foram registradas 664 novas mortes. Ontem, o painel do Ministério da Saúde sobre a covid-19 marcava 175.964 óbitos. Ainda há 2.183 falecimentos em investigação, dados relativos a ontem.

O número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia atingiu 6.577.177. Entre ontem e hoje, as autoridades de saúde notificaram 43.209 novos diagnósticos positivos de covid-19. Ontem, o painel da pasta trazia 6.533.968 casos acumulados.

Os dados fazem parte do balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado no início da noite deste sábado (5). Os totais são resultado da consolidação de informações enviadas pelas secretarias estaduais de saúde.

Ainda conforme a atualização do órgão, há 639.186 pacientes em acompanhamento. Outras 5.761.363 pessoas já se recuperaram da doença.

Nesta semana, o Ministério da Saúde divulgou que após mais de um mês sem altas, um boletim epidemiológico confirmou um novo movimento de crescimento das curvas de casos e mortes em consequência do vírus.

Normalmente, os casos são menores aos domingos e segundas-feiras em função da dificuldade de alimentação pelas secretarias estaduais de saúde. Já às terças-feiras, eles podem subir mais em função do acúmulo de registros atualizado.

Estados
A lista dos estados com mais mortes pela covid-19 é encabeçada por São Paulo (42.969), Rio de Janeiro (23.099), Minas Gerais (10.283), Ceará (9.693) e Pernambuco (9.140). As Unidades da Federação com menos óbitos pela doença são Acre (732), Roraima (744), Amapá (826), Tocantins (1.179) e Rondônia (1.593).

Notícias Relacionadas

Covid-19: Brasil acumula 7,16 milhões de casos e 185,6 mil mortes

Desde ontem foram registradas 823 mortes pela doença

Covid-19: Brasil tem 6,16 milhões de casos acumulados e 170 mil mortes

Até o momento, 5.512.847 pessoas já se recuperaram da doença

Bebê sobrevivente a ataque em creche de SC recebe alta da UTI

Henryque teve um corte perto do olho, que atingiu até o osso da face, cortes nos lábios e gengivas, outro perto do pescoço, que atingiu o pulmão, na barriga e mais alguns superficiais.

Arteris se manifesta sobre acidente na BR-101 que matou caminhoneiro

Caminhoneiro Jaci Laranjeira Nunes, de 55 anos, morreu no gravíssimo acidente.