Esporte

Criciúma envia ofício para a CBF questionando expulsões na Série C

Após duas expulsões contra o Botafogo-PR, diretoria do Tigre pede que VAR "seja utilizado de forma correta".

Divulgação

O Criciúma informou, neste domingo (17), que formula um ofício para a comissão de arbitragem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) questionando as expulsões diante do Botafogo-PB, pela Série C, no último sábado (16).

Conforme o comunicado, o documento, junto da FCF (Federação Catarinense de Futebol), contará com imagens da expulsão do volante Dudu Vieira, do Criciúma, por entender que houve precipitação por parte do árbitro Paulo Cesar Zanovelli da Silva.

Assim como a não expulsão do lateral-direito Sávio, do Botafogo-PB, aos 48 minutos do primeiro tempo. Na ocasião, o atleta já tinha um cartão amarelo em lance anterior e não recebeu o segundo, resultando em expulsão.

Além disso, a diretoria do Tigre cita a expulsão do volante Léo Costa. “A imagem claramente mostra que o atleta do Criciúma recebeu um pisão antes de revidar. Portanto, os dois atletas deveriam ter sido expulsos”, destaca a nota.

Por fim, o Criciúma afirma que a ação tem como objetivo evitar que ocorra erros futuros. “O VAR (árbitro de vídeo) é uma ferramenta criada para evitar qualquer tipo de injustiça durante a partida, e queremos que ele seja utilizado de forma correta”, finaliza.

Apesar do empate sem gols, o Criciúma soma cinco pontos e é o 2º colocado do Grupo C. Além disso, a distância para o Botafogo-PB, 3º do grupo, é de três pontos.

O Tigre pode aumentar ainda mais a diferença e ficar ainda mais próximo do retorno para a Série B. Isso porque o Criciúma enfrenta o Alvinegro da Estrela Vermelha no próximo sábado (23), às 19h, no estádio Almeidão, em João Pessoa (PB).

Veja a nota na íntegra

O Criciúma Esporte Clube comunica que, em reunião com toda a sua diretoria, decidiu formular um ofício, através de interseção à Federação Catarinense de Futebol (FCF), à Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) referente a partida contra o Botafogo-PB na noite deste sábado (16/10) no estádio Heriberto Hülse. Anexo ao documento, estarão as imagens da expulsão do volante Dudu Vieira, que entendemos ter havido uma precipitação do árbitro Paulo Cesar Zanovelli da Silva; da não expulsão do lateral-direito Sávio, aos 48 minutos do primeiro tempo, quando o mesmo já havia recebido cartão amarelo em um lance anterior; e, por último, do lance da expulsão do volante Léo Costa, quando a imagem claramente mostra que o atleta do Criciúma recebeu um pisão antes de revidar. Portanto, os dois atletas deveriam ter sido expulsos. Tal ação do clube tem como objetivo evitar que erros como esses aconteçam novamente. O VAR (árbitro assistente de vídeo) é uma ferramenta criada para evitar qualquer tipo de injustiça durante a partida, e queremos que ele seja utilizado de forma correta.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

Próspera lança plano de sócio para a temporada

Neste primeiro momento, três tipos de modalidades estão disponíveis para a torcida.

Tigre vence e assume a liderança da Série C

Com chuva e gramado molhado, Criciúma supera o Novorizontino por 1 a 0.

Orleans garante vaga antecipada nas semifinais do Catarinense Júnior Série C

Brusque derrota Londrina e assume liderança do Grupo B da Série C

Garcez marca duas vezes e equipe catarinense garante vitória