Educação

Cursos técnicos: alternativa de ingresso rápido no mercado de trabalho

Todos os coordenadores apontam o índice de empregabilidade como uma grande vantagem. É o caso do curso de eletrotécnica, que chega a 100% dos alunos trabalhando antes de chegarem à última fase

Divulgação

Já pensou em fazer um curso com alto índice de empregabilidade, além de ser um modo mais rápido de se qualificar para ingressar no mercado de trabalho? O Colégio Unibave está com inscrições abertas para cinco cursos técnicos: Técnico em Agropecuária, em Eletrotécnica, em Enfermagem, em Estética e em Logística.

A coordenadora do curso de Técnico em Agropecuária, Janaina Alberton Veronezi, afirma que, além da rápida obtenção do título, o futuro profissional estará apto a atuar no mercado agropecuário. Segundo ela, é um dos seguimentos que mais cresce em nosso país e que tem uma grande demanda de profissionais. “O técnico traz uma base bem consolidada das principais atividades agropecuárias, como a área zootécnica e de grandes culturas”, afirma.

Para o coordenador Técnico de Enfermagem, Lucas Correa, as vantagens do Colégio Unibave são oferecer estrutura completa com laboratórios de práticas de enfermagem, anatomia, bem como professores experientes. “Aqui temos docentes que têm prática e formação. Muitos com mestrado e doutorado”, pondera.

Empregabilidade

Todos os coordenadores apontam o índice de empregabilidade como uma grande vantagem. É o caso do curso de eletrotécnica, que chega a 100% dos alunos trabalhando antes de chegarem à última fase.

Para Gilberto Bueno, a região, apesar de pequena, tem um grande número de indústrias e é tecnologicamente desenvolvida. “Precisamos de profissional que dê conta desses sistemas. De instalar, de manutenção e de propor modificações de sistemas automatizados. E esse é o perfil do profissional que a gente forma”, afirma o coordenador do Curso de Técnico em Eletrotécnica, Gilberto Bueno.

A professora Karla Pickler Cunha aponta, no caso do técnico em enfermagem, além de empregabilidade a estabilidade financeira. “Passar imune a qualquer crise. Sempre se precisa de um profissional técnico na área da saúde”, afirma, dizendo que o curso pode ser uma escada para uma graduação.

A coordenadora do Curso Técnico em Estética, Tamirys Schulz Westphal, diz que faltam profissionais capacitados no mercado e o valor do curso é acessível. “Recebemos muitas ofertas de vaga para trabalhar. Aí o aluno vai pagando o curso com o próprio trabalho que conseguiu por conta do curso, que tem o lado da prática, o que é bem interessante”, aponta.

Notícias Relacionadas

Servidor público modificou carro que participou de racha com morte em Florianópolis

Veículo se envolveu em acidente que terminou com o óbito de um idoso

Projeto ‘Contando e Encantando’ do Colégio Satc destaca a importância de unir comunicação e leitura

Estimular a imaginação na primeira infância é primordial para o desenvolvimento físico, cognitivo e socioemocional das crianças

Prazo de inscrições para o Enem 2022 termina amanhã

Pagamento da taxa de inscrição pode ser feito até 27 de maio

Travesti é assassinada a tiros no meio da rua em SC

Polícia esteve no local e conversou com testemunhas, mas ninguém foi preso