Geral

Defesa Civil confirma tornado em Santa Catarina

De acordo com nota divulgada pelo órgão, rajadas de vento com mais de 123 km/h, atingiram a região de Campos Novos, no Meio-Oeste, e causando diversos estragos na noite desta sexta-feira (28).

Divulgação

A Defesa Civil de Santa Catarina confirmou na tarde deste sábado (29) que o fenômeno que causou destelhamentos e quedas de árvores na região de Campos Novos, no Meio-Oeste, foi um tornado. Mais cedo, a possibilidade já havia sido considerada por especialistas. De acordo com a nota divulgada pelo órgão, as rajadas de vento na região atingiram 123 km/h, causando diversos estragos.

Para chegar a conclusão sobre o fenômeno, meteorologistas da Defesa Civil analisaram informações de radares, satélites, estações em superfície, imagens de danos e imagens aéreas realizadas no local durante este sábado (29). Equipes dos bombeiros e da Defesa Civil municipal também atenderam ocorrências de quedas de árvores e de postes. Setores da prefeitura apoiam na desobstrução de vias públicas neste sábado. Ernesto Zortea, Cohab Boa Vista e Distrito Industrial foram os bairros mais afetados pelas ocorrências, de acordo com os bombeiros.

Conforme a guarnição, há relatos de pessoas feridas, que buscaram ajuda por conta própria. A corporação, no entanto, não efetuou nenhum atendimento de vítima.

Falta de energia elétrica

Durante a madrugada ventos fortes atingiram a região de Videira e Campos Novos. Quatro torres de transmissão de energia elétrica de 230kV da empresa Evoltz acabaram sendo derrubadas e deixaram a Subestação de Videira de 230 KV, supridora das Subestações da Celesc de Videira, Caçador, Caçador Castelhano e Fraiburgo, sem energia. De acordo com a plataforma da Celesc que monitora a situação em tempo real do fornecimento de energia elétrica em Santa Catarina, até às 16h30 deste sábado (29), mais de 67 mil unidades consumidoras estavam sem energia elétrica na região de Videira.

A Evoltz emitiu uma nota a respeito do assunto. Confira na íntegra:

“A Evoltz confirma a queda de três torres e danos em outras duas na linha de transmissão Evoltz VI – no trecho entre Campos Novos e Videira, ambas cidades em Santa Catarina – na virada da noite de 28/05/2021, devido às fortes chuvas e ventos, que assolaram a região. Por conta do não funcionamento do sistema de redundância em 138kV, que não é de responsabilidade da Evoltz, a energia não pode ser rapidamente restabelecida nas cidades catarinenses de Videira, Fraiburgo, Caçador e Castelhano.

A fim de acelerar ao máximo o restabelecimento total do abastecimento de energia da região, a empresa acionou seu Comitê de Gestão Operacional e traçou uma estratégia de emergência que prevê o restabelecimento do circuito 1 da linha de transmissão, em princípio, até a noite de segunda-feira, 31/05, em tempo inferior a casos similares e causados por eventos de força maior. Para isso, a companhia mobilizou, já a partir deste sábado, uma frente extraordinária e especializada de trabalho com cerca de 100 colaboradores próprios e de terceiros, além de maquinários específicos para esse tipo de operação, como guindastes, retroescavadeiras, caminhões munck, entre outros. A empresa informa ainda que todas as peças sobressalentes e torres de emergência necessárias para o restabelecimento da linha de transmissão estão na área afetada.”

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

Defesa Civil de Criciúma realiza abertura da Operação Primavera e do Curso de Agente Voluntário nesta terça-feira

Evento inicia às 19h, no plenário da Amrec. Operação visa executar atividades de prevenção no município