Saúde

Dengue: focos do Aedes aegypt deixam Araranguá em alerta

De oito pontos, sete estão na mesma área no bairro Mato Alto.

Foto: Comunicação Prefeitura de Araranguá

O Programa de Controle da Dengue do município está trabalhando no bairro Mato Alto. Dos oito focos detectados no município, sete estão localizados neste bairro. Um foi detectado no bairro Cidade Alta. Segundo Joélcio Anastácio, coordenador do programa, o que chama a atenção são os sete na mesma área o que representa uma área infestada com o mosquito Aedes Egypti.

Anastácio explicou que os moradores devem assumir o compromisso de fazerem o controle manual, eliminando os depósitos de água, além de manterem limpos os quintais, jardins e terrenos baldios. “O trabalho de controle da dengue consiste no monitoramento de uma rede de armadilhas, que têm o objetivo de identificar a presença do vetor”, reiterou.

Toda a preocupação do coordenador se deve à notificação de uma pessoa com suspeita de dengue que reside nesta área de foco, no bairro Mato Alto. “Foi coletado material e encaminhado ao LACEN/SC, Laboratório Central de Saúde Pública Secretaria de Estado de Saúde de Santa Catarina e agora aguardamos o resultado”, destaca.

Com este foco identificado, os agentes de endemias levam aos moradores que habitam no entorno, a informação da presença do mosquito e procedimentos visando o controle do vetor. É importante salientar que a participação da comunidade é essencial para a eficácia no processo.

Visando informar mais pessoas, uma campanha está sendo realizada com direcionamento às igrejas, para que os líderes durante os cultos informem aos fiéis os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito. A dengue é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti infectada com o vírus. A principal medida é eliminar os criadouros do mosquito.

A Secretaria de Saúde está atuando com uma Força Tarefa composta pela Secretaria de Obras, Planejamento, Vigilância Sanitária e Saúde da Família visando a eliminação dos focos no município. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (48) 3903-1900, através do Programa de Controle à Dengue.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Araranguá

Notícias Relacionadas

Treviso realiza ação de combate ao Aedes Aegypti

Agentes fizeram pente fino em locais estratégicos e informaram a população sobre maneiras de se evitar a proliferação do mosquito.

Foco do mosquito da dengue é encontrado no bairro Sumaré em Lauro Müller

Vigilância e agentes comunitárias de saúde estão realizando inspeções em residências, terrenos baldios e empresas.

Siderópolis entrega material educativo sobre dengue para escolas

O objetivo é a conscientização da população local para a erradicação do mosquito e das doenças transmitidas por ele.

Aedes aegypti: Mais de 10 mil focos do mosquito são identificados em SC

Número registrado nos primeiros três meses de 2019 é 59,6% superior ao verificado no mesmo período de 2018.