Geral

Diferença de até R$ 0,31 na gasolina comum em Içara

Levantamento foi realizado pela equipe do Procon.

Foto: Divulgação

Por mais um mês, a equipe do Procon de Içara realizou a pesquisa no preço dos combustíveis nos postos do município. O órgão percorreu 22 estabelecimentos na última semana e observou diferença de até R$ 0,31 nos preços.

De acordo com a diretora executiva do Procon Içara, Karoline Calegari, o consumidor deve ficar atento ao fazer o abastecimento. “As pesquisas são realizadas para mostrar a variação dos preços em diferentes estabelecimentos da cidade. No ato do abastecimento, deve sempre pedir a nota fiscal da compra”, disse.

Na pesquisa divulgada nesta segunda-feira, observou-se que o preço mínimo da gasolina comum encontrada foi de R$ 3,769 e mais elevada de R$ 4,079. Diesel comum com valores entre R$ 3,099 e R$ 3,399; S-10 entre R$ 3,199 e R$ 3,499; e gasolina aditivada entre R$ 3,779 e R$ 4,409.

Os valores de todos os estabelecimentos visitados podem ser conferidos na sede do Procon e para obtê-la basta que o consumidor solicite via e-mail do órgão, no [email protected]a.sc.gov.br.

A orientação do Procon Içara é que, em caso de dúvidas, informações e denúncias, o consumidor deve procurar a instituição, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e das 13hrs às 17hrs, com sede na Rua Altamiro Guimarães, 356, Centro; ou ainda través do telefone (48) 3432-5299.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Içara

Notícias Relacionadas

Procon autua posto de combustíveis por preço abusivo em Criciúma

Operação irá fiscalizar 40 estabelecimentos do município, três já foram autuados.

Tribunal de Justiça mantém multa superior a R$ 1 milhão aplicada por Procon em financeira de Criciúma

A empresa foi penalizada, na seara administrativa, por práticas contrárias às normas consumeristas

Procon fecha dois postos que vendiam gasolina adulterada em Laguna

O órgão interditou os estabelecimentos nesta quinta-feira (4), e irá solicitar à Secretaria da Fazendo a suspensão do alvará de funcionamento por cinco anos.

Reunião discute medidas para reduzir filas nas agências bancárias, em Içara