Segurança

Estuprador condenado a 20 anos de prisão é preso pela Polícia Civil de Cocal do Sul

A. P. foi investigado no fim de 2010 e virou réu em 2011. Somente no ano de 2021, a sentença de 20 anos de reclusão transitou em julgado.

Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil de Cocal do Sul prendeu, no fim da tarde desta segunda-feira, dia 4, um homem condenado a 20 anos de reclusão em sentença definitiva por estupro de vulnerável e maus-tratos contra os filhos e ex-companheira.

A Polícia recebeu a informação do trânsito em julgado da sentença no início da tarde. A decisão tinha sido inserida no Banco Nacional de Mandados de Prisão no última semana. Em diligência na casa do suspeito, A. P. foi preso e, em seguida, encaminhado ao Presídio Regional de Criciúma.

Ele foi investigado pelo delegado Márcio Neves no fim do ano de 2010, quando atuava na Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de Criciúma. Em 2011, o suspeito virou réu e, em 2021, a sentença de 20 anos de reclusão transitou em julgado.

Notícias Relacionadas

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Revólver, munições e droga são encontrados durante blitz realizada pela PMRv de Içara

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio