Trânsito

Fecam destaca otimismo na judicialização dos pedágios

Reunião hoje à tarde, em Florianópolis, irá encaminhar ação para a suspensão do edital.

Divulgação

Uma reunião na tarde desta terça-feira, na sede da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), irá encaminhar a ação judicial que pede a suspensão do edital de concessão da BR-101 Sul. A entidade, junto com as três associações de municípios do Sul (Amrec, Amesc e Amurel), questiona os critérios justificados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a cobrança das tarifas de pedágio entre os municípios de São João do Sul e Paulo Lopes.

A abertura das propostas do edital da concessão da BR-101 Sul está marcada para 21 de fevereiro, na sede da Bolsa de Valores, em São Paulo, e a assinatura do contrato, para 28 de maio, data que marca o começo da administração da rodovia. Mesmo assim, a Fecam demonstra otimismo com a ação judicial, já que um laudo técnico questiona métodos que pré-definiram valores de cobrança nas praças de pedágios.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

PRF apreende mais de seis quilos de cocaína após motorista fugir da fiscalização na BR-101, em Jaguaruna

A droga estava em um GM/Onix com placas de Criciúma, que não obedeceu a ordem de parada e fugiu em alta velocidade.

Em audiência pública, municípios do Sul decidem ir à Justiça para reverter questão dos pedágios na BR-101

As três associações de municípios que serão impactados pela implantação das praças de pedágios no trecho Sul da BR-101 se reuniram na Arena Multiuso Prefeito Estêner Soratto da Silva, em Tubarão

Senador garante R$ 40 milhões e obras da Serra da Rocinha não sofrem ameaça

PRF flagra caminhão com seis metros de carga para fora da carroceria na BR-101 em Maracajá

O M.Benz, com placas de Criciúma, transportava toras de madeira até Araranguá.