Geral

Fecam leva mais dois casos de suposta falsidade ideológica para Ministério Público

Prefeitos Antônio Ceron (PSD), de Lages, e João Cidinei Da Silva (PL), de Anita Garibaldi, foram colocados na nominata da chapa 3, encabeçada pelo prefeito de São João do Itaperiú, Clézio Fortunato

Divulgação

Um adendo à notícia de fato foi apresentado nesta quinta-feira (27) pela Fecam (Federação Catarinense de Municípios) ao MP-SC (Ministério Público de Santa Catarina). Outros dois prefeitos comunicaram que tiveram seus nomes incluídos em chapas sem autorização.

Os prefeitos Antônio Ceron (PSD), de Lages, e João Cidinei Da Silva (PL), de Anita Garibaldi, foram colocados na nominata da chapa 3, encabeçada pelo prefeito de São João do Itaperiú, Clézio José Fortunato (MDB).

Na mesma chapa 3, o prefeito Juliano Schneider (PL), de Luzerna, também encaminhou ofício informando que não havia concordado com a inclusão do nome. Mesmo caso da prefeita Nilza Nilda Simas (PSD), de Itapema, sobre sua inclusão na chapa 2.

A Comissão Eleitoral da Fecam validou apenas a chapa 1, do candidato de situação, Jorge Luiz Kock (MDB), prefeito de Orleans.

As chapas 2 e 3 entraram com recurso.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Com parceria do Município de Braço do Norte, Senai inaugura nova sede

Faculdades Esucri oferecem descontos na graduação para acadêmicos com mais de 45 anos

A instituição conta com professores capacitados nos seus 13 cursos de graduação

Adolescente passa mal após tomar remédio tarja preta em escola de SC

Jovem de 15 anos foi atendido na manhã desta segunda-feira (23) e levado ao hospital

SC monitora situação da varíola dos macacos; entenda o que é a doença

Sala de situação vai acompanhar cenário da doença no país