Esporte

Figueirense arranca empate contra o Guarani com golaço de voleio

Matheus Neris marcou belo gol na reta final da partida e definiu o 2 a 2 no placar; Figueirense segue na zona de rebaixamento

Divulgação

Na “puxeta” de Matheus Neris o Figueirense arrancou o empate diante do Guarani na noite deste domingo (20). Se a vitória era essencial para fazer o alvinegro sair, ao menos momentaneamente, da zona de rebaixamento, o empate por 2 a 2 acabou sendo um bom resultado para o Furacão pelas circunstâncias da partida.

Renanzinho, duas vezes, marcou para o Bugre, enquanto Lucas Barcelos, de pênalti, e Matheus Neris marcaram para o Furacão.

Com o resultado o Figueirense volta ao 17º lugar e agora seca o Paraná Clube, que recebe o Brasil de Pelotas nesta segunda-feira (21). Uma vitória da equipe paranaense aumentaria a vantagem em relação ao alvinegro para três pontos.

Primeiro tempo agitado

Brigando por opostos na tabela, Guarani e Figueirense fizeram uma partida muito animada na primeira etapa. O Furacão tentou tomar as rédeas da partida nos primeiros minutos acionando Bruno Michel pelas pontas.

No entanto, o castigo acabou vindo cedo. Logo aos cinco minutos, Murilo Rangel recebeu boa bola na ponta esquerda, fez o cruzamento e Renanzinho, livre, cabeceou no ângulo do Rodolfo Castro.

A resposta do Figueirense veio aos 24. Diego Gonçalves recebeu bom passe pela direita, invadiu a grande área e foi derrubado pelo goleiro Gabriel Mesquita. Após uma pequena discussão entre Lucas Barcelos e Michel Macedo para decidir quem cobraria a penalidade, o primeiro pegou a bola e bateu com categoria no canto esquerdo do arqueiro do Bugre.

Quatro minutos após o gol, o técnico Jorginho voltou a perder um atleta por lesão. Léo Artur sentiu um problema na coxa e deu lugar a Guilherme.

O Bugre voltou a ficar na frente aos 30. O zagueiro Walber achou ótimo passe para Renanzinho entre Brunetti e Renan Luís que, com muita categoria, deu um toque por cobertura na saída de Rodolfo Castro.

Melhor na partida, o Guarani quase ampliou aos 41. Pablo avançou na área, acionou Renanzinho que mandou uma bomba para grande defesa do goleiro alvinegro.

Bugre melhor na segunda etapa

O Guarani voltou no segundo tempo e perdeu ao menos duas boas chances de ampliar o placar no segundo tempo. Aos 15 minutos Renanzinho fez fila na zaga do Figueirense, acionou Matheus Souza que, na cara do gol, chutou em cima de Rodolfo Castro.

Aos 23′ o Guarani voltou a ameaçar. Bola levantada na grande área, e Bruno Silva subiu mais que todo mundo para cabecear rente a trave de Rodolfo. Vale ressaltar que a equipe paulista ganhou a maioria das disputas aéreas.

Mas como diz o ditado: quem não faz, leva. O Figueirense que pouco ameaçou o gol de Gabriel Mesquita chegou ao empate aos 30 minutos. Escanteio cobrado, a bola sobrou na entrada da grande área e o volante Matheus Neris mandou um vôlei espetacular para empatar a partida.

O Bugre ainda pressionou em busca do terceiro gol, mas Rodolfo Castro, de novo ele, fez grande defesa já nos acréscimos em cabeçada de Rafael Costa.

Como fica

Com o resultado o Guarani se mantém na oitava posição com 44 pontos. Já o Figueirense segue na zona de rebaixamento, na 17ª posição, com 32. O Figueirense volta a campo no próximo sábado (26), quando recebe o Avaí no estádio Orlando Scarpelli.

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Matriz aponta oito regiões em estado gravíssimo, sete em nível grave e uma com risco alto para Covid-19

Oito regiões do estado se encontram em nível gravíssimo (cor vermelha), sete regiões em nível grave (cor laranja) e uma região com nível alto (cor Amarela) de risco potencial para a Covid-19

Serviço 24 horas da CCR ViaCosteira contará com 4 Bases de Atendimento ao Usuário

A estrutura operacional e de atendimento completa conta com a prestação dos serviços médico, mecânico e inspeção permanente de tráfego

Secretaria de Educação de Lauro Müller divulga datas e horários para escolha de vagas

A escolha dos profissionais conforme cronograma, inicia na segunda-feira (1) e segue terça-feira dia (2), a partir das 9 horas, na sede da secretaria, na Rua Orleans, Centro

Agronegócio responde por 70% das exportações catarinenses em 2020

Os números são divulgados pelo Ministério da Economia e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola