Saúde

Gêmeos ‘prematuros extremos’ recebem alta após mais de 100 dias internados em SC

Eles receberam 'Certificado de Vencedores' da equipe do hospital onde ficaram na UTI neonatal.

Divulgação

Considerados prematuros extremos, os gêmeos Benjamim e o Dominic Demarchi receberam alta após ficarem 112 dias internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal em Xanxerê, no Oeste catarinense.

Ao deixarem o hospital esta semana, os irmãos receberam “Certificado de Vencedores” da equipe de saúde, que comemorou a alta (veja no vídeo acima).

Durante os quase quatro meses, a mãe, Leticia Demarchi, de 24 anos, ficou com os filhos no hospital.

“Ter eles em casa é ter a certeza da resposta das nossas orações diárias. Eles enfrentaram muitas batalhas e venceram todas com muita garra”, disse a mãe.

Eles nasceram de parto natural em 14 de dezembro, com apenas 26 semanas, enquanto que o ideal são 40 semanas. Por isso, segundo o Hospital Regional São Paulo, “os gêmeos são considerados prematuros extremos” e precisaram ficar tanto tempo internados.

O pai não pôde ficar no hospital e acompanhou a evolução dos filhos por mensagens de celular. Na saída da unidade de saúde para levar as crianças para casa, Jhonathan pôde pegá-los no colo pela primeira vez.

Os gêmeos são os primeiros filhos do casal de Formosa do Sul, também no Oeste do estado.

Com informações do G1 SC

Notícias Relacionadas

São Ludgero antecipa para amanhã (22) a segunda dose da vacina contra Covid-19 para pessoas com agendamento

A Sala de Vacinas funciona na ESF Margem Esquerda das 7 às 16 horas sem fechar ao meio-dia de segunda a sexta-feira

Turmas do 9º ano aprendem a fazer sabão caseiro

Alunos reaproveitaram o óleo usado dentro da proposta da economia circular

Homem chama enfermeira de ”verme” nas redes sociais e é condenado em SC

Mulher foi xingada de "verme" e "escrota" nas redes sociais

Em São Ludgero pais devem ficar atentos às datas para rematrículas e matrículas de seus filhos para 2022

Para as rematrículas, os pais ou responsáveis já receberam todas as informações via agenda escolar, grupos de Whatsapp das escolas e também estão disponíveis no Instagram