Trânsito

Governo busca recurso de financiamento para conter deslizamentos na Serra do Rio do Rastro

Novo deslizamento de rocha é registrado na Serra do Rio do Rastro

Foto: Divulgação / Sul in Foco

Após o deslizamento de rochas na Serra do Rio do Rastro, registrado nesse domingo (19), o presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura – Deinfra, Wanderlei Dagostini, afirmou que um projeto foi elaborado por técnicos para a instalação de redes de aço que seriam fixadas nas rochas com o intuito de conter os deslizamentos.

Mas, por enquanto, conforme alegou Dasgostini em entrevista à jornalista Janine Limas, do Jornal do Almoço da NSC TV, o Governo do Estado não tem dinheiro para realizar a obra. O objetivo é obter um financiamento no Banco do Brasil para execução do projeto, mas sem prazo.

O secretário da Infraestrutura do Estado, Luiz Fernando Cardoso, o Vampiro, prometeu encaminhar em outubro, à Assembleia Legislativa de Santa Catarina – Alesc, o projeto de um pedágio turístico na Serra do Rio do Rastro, que ainda está sendo discutido. O problema, segundo Vampiro, é definir quem fará a gestão.

Nesse domingo, a Polícia Militar Rodoviária – PMRv do Guatá foi acionada e esteve no local. Os policiais limparam a rodovia, retirando os materiais da pista. O trânsito seguiu em suas condições normais. Desta vez, não houve vítimas e nem danos materiais. Entretanto, nem sempre é assim. Há pouco mais de um mês, também no km 407, a queda de uma barreira deixou pelo menos uma pessoa ferida e danos materiais em dois carros e um micro-ônibus.

Um levantamento realizado em junho deste ano mapeou nove pontos de risco de deslizamentos. Enquanto nenhuma medida é tomada, os motoristas devem trafegar com atenção redobrada pelo local e contar com a sorte, principalmente quando chove. O trânsito na SC-390 não será interditado.

Notícias Relacionadas

Com aperfeiçoamento constante, Associação de Apicultores de Orleans é destaque em Santa Catarina

Plano Safra: Governo do Estado e setor produtivo unem esforços para incentivar acesso ao crédito rural

A intenção é incentivar ainda mais os pequenos agricultores e pescadores a acessar os recursos disponibilizados pelo Governo Federal, como forma de ampliar a competitividade do meio rural e pesqueiro de Santa Catarina e movimentar a economia local.

Reunião com a Defesa Civil municipal debateu estratégias para o frio intenso em São Joaquim

A Defesa Civil alerta que a onda de frio intenso pode causar prejuízos na agricultura, congelamento de canos e rodovias, por isso um cuidado especial muita atenção nessas áreas.

Com o melhor resultado da década, contas do Governo do Estado são aprovadas por unanimidade