Saúde

Governo de Santa Catarina capacita quase 5 mil profissionais para enfrentamento da pandemia

Os cursos começaram a ser oferecidos no mês de março, especialmente de maneira virtual, e alcançaram profissionais que atuam em atendimentos diretos à população.

Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde já capacitou 4.925 profissionais para atuar no combate ao enfrentamento da pandemia da Covid-19 em Santa Catarina. Os cursos começaram a ser oferecidos no mês de março, especialmente de maneira virtual, e alcançaram profissionais que atuam em atendimentos diretos à população. Desse total, 2.850 foram capacitados para trabalhar nas portas das emergências hospitalares, 1.325 para atuar em UTIs e outros 750 em unidades de pronto atendimento. As recomendações aos profissionais seguem protocolos internacionais.

Segundo o governador Carlos Moisés, a estrutura do Governo está voltada para atender prioritariamente a área da Saúde desde o início da pandemia. Trabalhadores de diferentes áreas atuam de maneira conjunta no Centro Integrado de Gerenciamento de Risco e Desastres, na sede da Defesa Civil Estadual.

“Essa capacitação dos profissionais da saúde é fundamental tanto para que se efetue o tratamento correto dos pacientes da Covid-19 quanto para resguardar a integridade das equipes de atendimento. Eles são trabalhadores essenciais em um momento como esse. Os protocolos devem ser seguidos para garantir a saúde de todos”, afirmou o governador.

O secretário de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino, conta que as capacitações seguem para que todos os trabalhadores da saúde estejam aptos a atuar no combate ao novo coronavírus. Para Zeferino, o estado de alerta precisa ser mantido diante da confirmação de novos casos todos os dias – e a colaboração da população é essencial.

“Estamos vivendo um período complicado, de turbulências em todo mundo. Os profissionais da saúde muitas vezes se colocam em risco para fornecer tratamento à população em geral. Pedimos a compreensão dos catarinenses desse momento. Quanto menos expostos estiverem, maiores as chances de nos recuperarmos mais brevemente. Ficar em casa ainda é a melhor solução para este momento”, diz Zeferino.

Notícias Relacionadas

Escolas devem reduzir em 15% mensalidades do ensino infantil durante pandemia, decide TJ

A pena em caso de descumprimento é de R$ 1 mil por aluno e por mês.

Coronavírus em SC: Governador lista doações recebidas e agradece generosidade dos catarinenses em meio à pandemia

As doações incluem itens de higiene e equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais que atuam na linha de frente no combate à Covid-19.

Governo do Estado amplia em quase 70% os investimentos e aplica R$ 18,8 milhões em conservação de rodovias em 2020

O repasse para conservação das SCs teve um salto de 69,4% no primeiro semestre de 2020, se comparado ao mesmo período do ano passado.

STF autoriza SC a utilizar recursos do pagamento da dívida com a União no enfrentamento da Covid-19

O pedido foi protocolado pela Procuradoria-Geral do Estado de Santa Catarina (PGE) para garantir que a União deixe de aplicar qualquer tipo de penalidade ao estado em razão da suspensão dos pagamentos.