Saúde

Governo prorroga suspensão de cirurgias eletivas por 72 horas e convoca unidades filantrópicas para retomada segura

O prazo foi definido como forma de averiguar quais unidades hospitalares mantêm condições e estoques de medicamentos para uma retomada “imediata e segura”

Divulgação

O Governo do Estado prorrogou a suspensão das cirurgias eletivas por mais 72 horas. O prazo foi definido como forma de averiguar quais unidades hospitalares mantêm condições e estoques de medicamentos para uma retomada “imediata e segura”.

A portaria 487 publicada nesta segunda-feira, 10, no Diário Oficial do Estado prorrogou a suspensão até o próximo dia 13 de maio. E já na quarta-feira, uma reunião está agendada entre o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, e os representantes das associações filantrópicas catarinenses para definir a retomada dos procedimentos.

“É o entendimento do Governo do Estado que as cirurgias eletivas são prioridade máxima e por isso precisam ser retomadas”, afirma André Motta. “Nessa reunião da quarta-feira avaliamos as unidades que possuam condições e medicamentos para a liberação imediata. Em relação aos demais, a SES irá buscar uma forma de manter os estoques de anestésicos e sedativos”.

O cancelamento das cirurgias eletivas em que era necessário o uso de sedativos e internações em UTI ocorreu por meio da Portaria 168, em 22 de fevereiro. A última prorrogação ocorreu com a publicação da portaria 458, no dia 30 de abril, estendendo o prazo para até esta segunda-feira, 10 de maio.

Notícias Relacionadas

Governo de Criciúma lança programa Educação Empreendedora nas escolas

Projeto foi apresentado nesta quarta-feira no Teatro Elias Angeloni

Librelato é finalista no Prêmio AutoData 2021

A Librelato chega pela sexta vez como finalista ao Prêmio Autodata por suas inovações no setor de implementos.

Governador garante investimento de R$ 12 milhões para asfaltamento de rodovia em Jaguaruna

A estrada tem quase 8 km e faz a conexão com as comunidades de Jabuticabeira e Congonhas, além de garantir um acesso secundário a Tubarão.

Covid: Fila por UTI em SC é a menor desde o início de junho

Segundo o último boletim, entre os 27 pedidos, a maior parte está na região Sul (12).