Geral

Homem que matou estuprador é condenado a 14 anos de prisão em Criciúma

O crime aconteceu em fevereiro de 2019, quando a vítima foi assassinada a tiros por Y.D.C., à época com 23 anos, no bairro Cristo Redentor, em Criciúma

Divulgação

O autor do homicídio de João Victor Domingos, de 18 anos, foi condenado em sessão de julgamento do Tribunal do Júri nesta quinta-feira, dia 21. O crime aconteceu em fevereiro de 2019, quando a vítima foi assassinada a tiros por Y.D.C., à época com 23 anos, no bairro Cristo Redentor, em Criciúma.

Através das investigações realizadas pela Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma, foi esclarecido que o homicídio ocorreu em retaliação pelo fato de João ter praticado um estupro contra uma moradora do bairro Cristo Redentor.

A DHPP representou pela prisão preventiva de Y.D.C., que foi decretada pela 1ª Vara Criminal e cumprida em setembro de 2019. Ontem, o autor foi condenado a 14 anos de reclusão pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil e impossibilidade de defesa, não tendo direito de recorrer em liberdade, sendo o júri realizado pela promotora de Justiça Andréia Tonin, sob presidência do juiz Guilherme Costa Cesconetto.

Com informações do TNSul

Notícias Relacionadas

Natal Show da Educação em Braço do Norte é cancelado

A medida se faz necessária para cumprir as Portarias n. 1303/2021 e n. 1305/2021, ambas da Secretaria de Estado da Saúde

Satc lança curso de elétrica para funcionários de cooperativas

Curso, que terá seu início em março de 2022 é destinado a técnicos, engenheiros ou pessoas que interagem em manutenção e construção de redes de energia elétrica

PP de Lauro Müller promoverá Convenção Municipal nesta quinta-feira

O evento ocorrerá a partir das 19h30min, no Balneário Godinho, e contará com a presença de lideranças estaduais.

Cidades de SC alteram programação de Réveillon após portaria com novas regras para eventos

Protocolo do governo proíbe eventos com mais de 500 pessoas e que provoquem aglomerações