Geral

Homens recebem 22% a mais que as mulheres em Tubarão

Em Tubarão, em média, elas recebem R$ 1.751 mensais, ficando atrás dos homens, que ganham R$ 2.136.

Foto: Divulgação

Conforme dados do Ministério do Trabalho e Emprego, Tubarão possui ainda média salarial abaixo de outras cidades do Estado e do país. No levantamento apresentado, a diferença da média entre mulheres e homens chega a quase 22%. Ou seja: os homens ganham mais do que as mulheres na Cidade Azul.

As informações foram divulgadas pelo jornal Diário do Sul. Ainda segundo o levantamento, em relação à diferença salarial entre homens e mulheres, em Tubarão elas ganhavam, em 2015, uma média de R$ 1.751, enquanto os homens recebiam, em média, R$ 2.136. A diferença salarial entre sexos é menor que a média de Santa Catarina, onde os homens recebiam também em 2015, em média, cerca de 26,42% a mais. No entanto, a diferença em Tubarão estava acima da média do país. No Brasil, os homens recebiam em torno de 19,77% a mais que as mulheres, considerando a média salarial de 2015.

“Isso ocorre evidentemente porque ainda temos uma sociedade bastante machista, na qual ainda se tem uma percepção de que o homem teria mais capacidades para alguns cargos que as mulheres. Isso, porém, não corresponde à realidade, como o próprio mercado mostra, pois elas ganham cada vez mais espaço e, neste cenário, qualificam-se muito mais para atuar no mercado, para poder ultrapassar essas barreiras. Assim, acredito que a tendência no futuro é que os salários fiquem mais equiparados”, analisa o economista Jailson Coelho em entrevista ao jornal.

Os dados do Ministério do Trabalho foram estudados e compilados pelo Sebrae/SC, em pesquisa feita dentro do Programa Cidade Empreendedora.

Notícias Relacionadas

ExpoMais é oficialmente lançada nesta segunda-feira

O evento terá palestras principais com nomes de renome nacional, além de outros espaços que estarão à disposição do público e que serão reveladas no evento de lançamento desta segunda-feira.

Marcas do Sul recebem selo de reconhecimento SPFW

A partir de critérios como inovação no design, uso de materiais, qualidade e originalidade, produtos de oito empresas associadas ao Núcleo de Moda Sul catarinense foram certificados por experts da São Paulo Fashion Week.

Empretec: metodologia da ONU para pequenos empreendedores está com inscrições abertas

Seminários serão realizados pelo Sebrae ainda neste mês.

STF aprova orçamento de 2020 sem aumento de salário dos ministros

O maior gasto do tribunal é com salários e encargos de pessoal, que somam R$ 490,3 milhões.