Segurança

Idoso morre carbonizado após casa pegar fogo no Norte de SC

O corpo dele foi localizado entre os escombros. Vìtima de 71 anos morava sozinha na residência

Divulgação

Um idoso de 71 anos morreu carbonizado após a casa onde morava sozinho pegar fogo em Monte Castelo, município do Planalto Norte catarinense. A ocorrência foi registrada pelo Corpo de Bombeiros Militar do município por volta das 21 horas da última terça-feira (12).

Segundo os bombeiros, a casa era de madeira e media cerca de 25 metros quadrados. No momento em que as equipes de combate a incêndio chegaram ao local, a residência já estava completamento tomada pelas chamas. 

O morador foi localizado totalmente carbonizado entre os escombros. Ele foi identificado pela vizinha e também ex-esposa da vítima. 

Segundo a mulher, após ouvir um ruído de estouro, ela verificou pela janela que a moradia da frente estava totalmente consumida em chamas. A mulher pediu ajuda a outros vizinhos que tentaram acessar o local, mas não foi possível. 

A residência sofreu danos em toda a estrutura, mas casas vizinhas não foram atingidas. 

As esquipes levaram cerca de 45 minutos para o combate e rescaldo. Foram utilizados 3 mil litros de água durante o processo. A vítima foi encaminhada ao Instituto Geral de Perícias (IGP) e a Polícia Civil deve investigar as possíveis causas do incêndio. 

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Eleições Cerbranorte: candidatos à presidência da Chapa 2 apresentam propostas em live do Portal Sul in Foco

A Assembleia Geral e as Eleições serão nesta sexta-feira e sábado, dias 1º e 2, e a gestão ocorrerá entre outubro de 2021 e março de 2025.

Vereadores recebem presidente da Associação Catarinense de Assistência ao Mucoviscidótico em sessão do Legislativo de Lauro Müller

Pitbull que matou cão vira-lata ataca novamente no distrito de Pindotiba, em Orleans; VEJA O VÍDEO

Desta vez, o ataque foi impedido por um homem que presenciou o fato, salvando o outro cão.

Braço do Norte implanta faixas de pedestres com material termoplástico extrudado

Ainda segundo Beto, a aplicação é realizada sob a supervisão da Secretaria de Planejamento Urbano