Poder Legislativo

Legislativo: Vereador Nél propõe que ele e Gaguinho doem três meses de salário ao hospital

Enquanto o presidente falava, o vereador Ronaldo prontamente respondeu: "Fechado". Alegando "questão de ordem", ele tentou fazer uso da palavra, mas sem sucesso

Divulgação

Durante sessão ordinária atípica e acalorada nesta segunda-feira, dia 12, na Câmara de Vereadores de Lauro Müller, o presidente da Casa Legislativa, vereador Manoel Leandro Filho (MDB), o Nél, fez uma proposta inusitada ao vereador Ronaldo da Silva (PP), o Gaguinho, ao sugerir que ambos doassem três meses de salário à Fundação Hospitalar Henrique Lage (FHHL).

Tal “desafio” se deu após a fala do vereador Gaguinho durante a discussão do Projeto de Resolução nº 2/2021, de autoria da Mesa Diretor, que altera o Regimento Interno da Câmara de Vereadores de Lauro Müller, que tem como intuito limitar a apresentação de duas proposições por vereador no Pequeno Expediente, cujo espaço é de 30 minutos e reservado à leitura e discussão de Indicações, Pedidos de Informações, Requerimentos e Moções. “Se vocês são peitudos para ir contra um trabalho em prol da sociedade, então vamos ser juntos e baixar o salário. Pode mandar para esta Casa que o vereador Ronaldo Gaguinho vota a favor”, declarou.

Dessa forma, Nél respondeu: “Outra coisa, Ronaldo, eu acho muito interessante vir aqui e dizer que tem que baixar o salário do vereador. Muito bem, tu sabes da lei, que não pode baixar salário de vereador agora, que só pode baixar quando tu dá o aumento de um mandato para o outro. Mas eu vou te fazer uma proposta: vamos doar o meu e o teu salário durante três meses para o hospital para fazer a diferença. Tu falou que teu salário não faz diferença, então vamos doar. Só falar não adianta. É muito simples vir aqui e dizer para baixar salário do vereador sabendo que a lei não permite, só para fazer média com a população, distorcendo as coisas”.

Enquanto o presidente falava, o vereador Ronaldo prontamente respondeu: “Fechado”. Alegando “questão de ordem”, ele tentou fazer uso da palavra, mas sem sucesso. “Depois tu vais ter tempo”, disse Nél. Contudo, logo após a discussão, o Projeto de Resolução nº 2/2021 foi aprovado por cinco votos a quatro e a sessão ordinária foi encerrada.

Notícias Relacionadas

Associação dos Haitianos de Criciúma reforça pedido de ajuda

Dois irmãos precisam retornar ao país de origem e para isso precisam de R$ 4 mil para arcar com despesas de passagem.

Mega-Sena acumula, e próximo concurso deve pagar R$ 40 milhões

Prêmio para acertadores de cinco dezenas fica em R$ 28,2 mil.

Caixa começa a pagar hoje segunda parcela do auxílio emergencial

Nascidos em janeiro receberão nas contas poupança digitais.

Três assaltantes invadem residência e agridem morador em Treze de Maio

O trio roubou R$ 3 mil em espécie. Eles arrombaram a porta, entraram no imóvel e agrediram o proprietário com socos e chutes.