Geral

Mais 18 escrituras públicas são entregues através do Programa Lar Legal

O prefeito, Beto Kuerten Marcelino, destacou a importância do programa

Divulgação

A Prefeitura de Braço do Norte, através da Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Econômico, entregou nesta quarta-feira, 25, mais 18 escrituras públicas através do Programa Lar Legal referentes ao Loteamento Maria Cecília, no Rio Bonito.
A entrega foi realizada através do Lar Legal, um programa de regularização de propriedades, idealizado pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina, realizado em parceria com a Prefeitura de Braço do Norte e o Ministério Público de Santa Catarina.

O prefeito, Beto Kuerten Marcelino, destacou a importância do programa. “Além da própria formalidade de regularização, será possível, por exemplo, realizar um financiamento para a ampliação do imóvel, dando maior conforto à família ou a realização do sonho da casa própria, cada um conforme a sua necessidade, mas efetivamente legalizado”, comentou.

O secretário de Planejamento, Vanio de Oliveira, explicou que existem duas modalidades de regularização: o Lar Legal, feito através do Tribunal de Justiça, que já entregou 70 matrículas em Braço do Norte, além do programa Morada Legal (Reurb), que entregou 44 matrículas até o momento.

As pessoas interessadas em realizar o Morada Legal podem procurar a Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Econômico, localizada na Prefeitura de Braço do Norte, com expediente das 12h30min às 18h30min.

Notícias Relacionadas

Covid-19: número de casos e óbitos tem maior queda em 2021

Apenas uma capital está com taxa superior a 80%: o Rio de Janeiro

SC tem motivos para se preocupar com o tsunami no Brasil? Entenda

O vulcão, parado há 50 anos, passou a apresentar atividades sísmicas mais fortes desde o último sábado (11) e está em sinal de alerta. Caso entre em erupção, pode gerar um tsunami que atingirá o Brasil

Handebol de Criciúma disputa fase regional do Campeonato Brasileiro Sub-16

Grupo busca neste sábado a classificação para a etapa final da competição

Veículo alugado e não devolvido é recuperado pela PRF na BR-101, em Tubarão

O motorista, de 32 anos, alegou ter locado o veículo em 2019 para trabalhar como motorista autônomo, e que não sabia da condição do veículo