Saúde

Matriz de Risco aponta duas regiões em nível gravíssimo

As regiões em risco alto são Alto Vale do Itajaí, Alto Vale do Rio do Peixe, Alto Uruguai Catarinense, Carbonífera, Extremo Sul, Extremo Oeste, Laguna, Médio Vale do Itajaí, Meio-Oeste e Serra Catarinense

Divulgação

A Matriz de Risco Potencial divulgada neste sábado, 04, pelo Governo de Santa Catarina mostra que duas regiões, Nordeste o e Planalto Norte, estão classificadas com o risco gravíssimo (cor vermelha) para a Covid-19. Outras quatro regiões apresentam risco grave e dez, risco potencial alto.

Na semana passada, apenas a região Nordeste havia sido classificada com o risco gravíssimo. A melhora ocorreu em relação às regiões com risco grave (cor laranja). Eram nove regiões classificadas nesta situação e, na matriz divulgada neste sábado, apenas quatro: Foz do Rio Itajaí, Grande Florianópolis, Oeste e Xanxerê.

As regiões em risco alto são Alto Vale do Itajaí, Alto Vale do Rio do Peixe, Alto Uruguai Catarinense, Carbonífera, Extremo Sul, Extremo Oeste, Laguna, Médio Vale do Itajaí, Meio-Oeste e Serra Catarinense. A exemplo da semana passada, a região do Extremo Sul Catarinense se destaca positivamente no índice de transmissibilidade, sendo a única do Estado em nível moderado (azul)

Como a Matriz classifica o risco das regiões

A matriz continua organizada em quatro dimensões de prioridade atuais, que são Gravidade, Transmissibilidade, Monitoramento e a Capacidade de Atenção. A variável de óbitos na semana por 100 mil habitantes continua como Gravidade, por ser a informação epidemiológica mais precisa. A dimensão traz também a tendência de internação por Síndrome Respiratória Aguda Grave para avaliação por 100 mil habitantes

A taxa de transmissibilidade (Rt) é agrupada com o número de infectantes por 100 mil habitantes na dimensão de Transmissibilidade. Já a dimensão de Monitoramento avalia as variáveis de cobertura vacinal em maiores de 18 anos com segunda dose ou dose única completa, bem como a variação de número de casos semanal. A capacidade de atenção permanece como taxa de ocupação de leitos de UTIs adulto SUS reservado para Covid-19.

Notícias Relacionadas

Unibave presente na Sipat da empresa Plaszapel

Por meio do programa Geração Unibave, foram ofertadas palestras de “Educação Financeira” e “Dependência Química: álcool e outras drogas”.

Identificado o homem morto a facadas e com golpes de pedra na cabeça em Criciúma

A morte de Filipe da Silva Martinho está sob investigação da Polícia Civil.

Sucesso na primeira edição, Cicloturismo deve entrar no calendário de eventos de Morro da Fumaça

Aproximadamente 600 pessoas participaram do evento neste domingo

Projeto de Lei sobre Agricultura Familiar é apresentado para Epagri e agricultores em Criciúma

Objetivo do PL é ser uma política pública de Agroecologia e Produção Orgânica