Educação

MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni

Selecionados têm até o dia 11 próximo para comprovar dados

Divulgação

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, hoje (3), em seu portal, o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni), relativo ao segundo semestre de 2021. Os selecionados terão até o dia 11 deste mês para comprovar as informações apresentadas no ato de inscrição, por meio  dos documentos exigidos para o acesso à bolsa de estudo.

O Prouni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições particulares de educação superior. Para concorrer é necessário, no caso das bolsas integrais, que o estudante comprove renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário-mínimo.

Para as bolsas parciais, que cobrem 50% do valor das mensalidades, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários-mínimos por pessoa.

O MEC informou que só pode participar do Prouni o estudante que não tenha diploma de curso superior. É necessário, também, que o candidato tenha participado do Enem mais recente e obtido pelo menos 450 pontos de média, e que não tenha tirado zero na redação.

Nesta edição do Prouni foram ofertadas 134.329 bolsas, sendo 69.482 bolsas integrais e 64.847 parciais em 10.821 cursos ministrados em 952 instituições de ensino superior da rede privada do país.

Com informações da Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Anvisa determina recolhimento de lotes interditados da vacina CoronaVac

Mais de 12 milhões de doses foram envasados em fábrica não autorizada pela Agência e tinham sido interditadas no início do mês.

Homem é flagrado furtando residência, tenta fugir a nado, mas é capturado em Tubarão

O homem, de 31 anos, estava furtando objetos de uma residência quando foi flagrado por outros moradores.

Pedido de Comissão Processante para cassação de prefeito de Urussanga é arquivado

Houve quatro votos contrários e cinco favoráveis à criação da Comissão.

Mulher é encaminhada ao hospital após ser esfaqueada pelo ex-companheiro, em Tubarão

A situação não foi mais grave apenas porque um motorista que passava pelo local, ao ver a situação, atirou o veículo contra o agressor.