Segurança

Médico suspeita de estupro de criança e chama a polícia em Braço do Norte

Ocorrência foi registrada por volta das 14h40 desta segunda-feira (18)

Divulgação

A Polícia Militar de Braço do Norte foi acionada para atender uma ocorrência de estupro de vulnerável no Hospital Santa Terezinha. O médico do hospital relatou que na tarde desta segunda-feira (18) teve um encaminhamento de uma criança do posto de saúde com suspeita de estupro.

Após examinar a paciente, o médico percebeu que na região genital apresentava hiperemia (vermelhidão) e edema, com possível dilatação do canal, podendo se tratar de um possível abuso. A mãe da criança informou que sua filha há duas semanas estava urinando sem perceber e que há dois dias estava ocorrendo sangramento na genital.

De acordo com a mãe, a filha fica com os avós, quando ela e seu marido saem para trabalhar na lavoura. Até o momento não há possíveis suspeitos. Diante dos fatos, o Conselho Tutelar foi acionado e um conselheiro se fez presente no local. A mãe e a filha foram encaminhadas ao Instituto Geral de Perícias para realizar o exame de corpo de delito com o intuito de confirmar ou não o crime de estupro.

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Forças policiais continuam fiscalização para cumprimento dos regramentos sanitários da Covid-19

Nos últimos sete dias, a Polícia Militar realizou 12.742 fiscalizações e interditou 34 estabelecimentos comerciais

Covid-19: Profissionais da saúde seguem recebendo atendimento psicológico

Psicóloga atende os trabalhadores individualmente e em grupo

Turvo pretende adquirir seis mil vacinas contra a covid-19

O objetivo é ampliar a imunização da população turvense.

Santa Catarina tem queda em todos os índices de criminalidade nos dois primeiros meses do ano