Saúde

MP apura ‘fura-fila’ da vacina por secretário de saúde de Bom Jardim da Serra

Órgão instaurou inquérito para investigar a conduta do secretário municipal de Saúde, que não teria respeitado a ordem de prioridade da vacinação

Divulgação

O MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) instaurou um inquérito para apurar um caso de fura-fila da vacinação contra a Covid-19 no município de Bom Jardim da Serra, na Serra catarinense.

O alvo é o secretário municipal de Saúde, Luiz Carlos Seminotti. Segundo o MP, ele não teria respeitado a ordem de prioridade e escalonamento de imunização contra a doença, estabelecida pelo Ministério da Saúde.

O inquérito foi instaurado na segunda-feira (25) pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de São Joaquim. A ação do MP apura a prática do ato de improbidade administrativa, uma vez que Seminotti é servidor público do município.

O prefeito de Bom Jardim da Serra, Pedro Ostetto (PSD), considerou que o secretário de saúde cometeu “um equívoco e um ato inesperado”.

De acordo com o prefeito, o município dará total liberdade para que o MPSC proceda com a ação. Para isso, Luiz Seminotti será afastado do cargo.

Ostetto informou ainda que a prefeitura terá uma audiência com o MPSC na tarde desta quarta-feira (27) para falar sobre o caso.

A reportagem tentou entrar em contato com Luiz Carlos Seminotti, mas não obteve retorno até a publicação.

Conforme o painel do governo estadual, o município de Bom Jardim da Serra contabiliza 481 casos confirmados da Covid-19 e dois óbitos, desde o início da pandemia.

Com informações do NDMais

Notícias Relacionadas

Abatedouro clandestino suspeito de vender carne de cavalo é flagrado em Lauro Müller

Polícia Militar e Vigilância Sanitária atuaram na ocorrência, que resultou na prisão de um homem.

Homem é socorrido após sofrer queda de telhado em Tubarão

Ele estava fazendo a manutenção no telhado quando sofreu a queda e ficou preso no forro.

Criciúma está entre as dez cidades mais rápidas de SC para abrir uma empresa

Governo municipal vem reduzindo o processo de abertura e pretende chegar à marca de 4 horas.

Criança de dois anos morre atropelada pelo próprio pai em SC

Acidente ocorreu quando o pai voltava do trabalho para o almoço nesta segunda-feira (21)