Segurança

Mulher que matou em Criciúma o marido é solta após alegar legítima defesa

Otávio Gabriel Rodrigues, que morreu na noite deste domingo, 6, já tinha sido acusado por agressão

Divulgação

A mulher de 21 anos que matou o marido com uma facada na virilha na noite deste domingo, 6, em Criciúma, foi liberada nesta segunda-feira, 7. Segundo a Polícia Militar (PM), o homem, identificado como Otávio Gabriel Rodrigues, já tinha sido acusado por agressão e, na última briga, que resultou em sua morte, a mulher teria agido em legítima defesa.

A autora tinha sido presa e conduzida até a Central de Flagrantes, onde contou sobre o ocorrido. De acordo com ela, o homem chegou em casa e a acusou verbalmente. Ainda segundo a mulher, ele a sufocou e o único objeto para defesa em seu alcance foi a faca de cozinha. Ela também relatou que era agredida com frequência pelo seu companheiro e afirmou ter uma medida protetiva contra ele. Segundo a autora, ela tinha retornado a morar com ele há aproximadamente um mês.

Com informações do TNSul

Notícias Relacionadas

Covid-19: chega ao fim estado de emergência em saúde pública no Brasil

Segundo o governo, nenhuma política pública de saúde será interrompida

Homem de 57 anos é preso após tentar beijar menina de 11 anos à força, em Orleans

Fato ocorreu na Rua Aristiliano Ramos, na tarde deste sábado, dia 21.

Número de transplantes de rim caiu nos últimos dois anos

Sociedade Brasileira de Urologia lançou campanha para estimular doação

PM de Criciúma efetua apreensão de mais de 20 quilos de maconha

A droga foi localizada na noite do último sábado, dia 21