Geral

Nascidos em abril recebem hoje R$ 1,4 bi de auxílio emergencial

Pagamento é para 3,4 milhões de brasileiros.

Divulgação

Beneficiários do auxílio emergencial nascidos em abril recebem hoje (6) o pagamento no total de R$ 1,4 bilhão. O pagamento é para 3,4 milhões de brasileiros, no ciclo 4.

Desse total, 666,3 mil receberão R$ 435,7 milhões referentes às parcelas do auxílio emergencial. Os demais, 2,8 milhões, serão contemplados com a segunda parcela do Auxílio Emergencial Extensão, em um montante de R$ 942,1 milhões.

A partir desta data, os valores já podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas de estabelecimentos comerciais.

Saques e transferências para quem recebe o crédito hoje serão liberados a partir do dia 21 de novembro.

O benefício, criado em abril pelo Governo Federal, foi estendido até 31 de dezembro por meio da Medida Provisória (MP) nº 1000. O Auxílio Emergencial Extensão será pago em até quatro parcelas de R$ 300 cada e, no caso das mães chefes de família monoparental, o valor é de R$ 600.

A Caixa lembra que não há necessidade de novo requerimento para receber a extensão do auxílio. Somente aqueles que já foram beneficiados e, a partir de agora, se enquadram nos novos requisitos estabelecidos na MP, terão direito a continuar recebendo o benefício.

Com informações do site Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Cerca de 12,4 milhões devem refazer cadastro no auxílio emergencial

Este é o total de inscritos com pedidos avaliados como “inconclusivos”

Centro de Informações para Auxílio Emergencial passa a funcionar no Cras, em Lauro Müller

Definido pelo Governo Federal, o Auxílio Emergencial será renda mínima aos brasileiros em situação mais vulnerável durante a pandemia da Covid-19

PF cumpre mandados contra acusados de fraudar auxílio emergencial

Grupo é acusado de burlar ao menos 45 auxílios do governos

Caixa credita hoje saque emergencial do FGTS para nascidos em setembro

Calendário foi mantido, apesar de medida provisória ter expirado