Geral

Nova gestão do Tigre deve iniciar em outubro

Interessados em assumir o clube devem apresentar os projetos até o dia 15 de setembro e Conselho Deliberativo avaliará as propostas. Grupo liderado por ex-presidente Moacir Fernandes é o favorito.

Divulgação

O futuro do Criciúma começa em outubro. Em um mês, começa a transição da atual para a próxima gestão do clube. Porém, os interessados em assumir o comando do Tricolor Carvoeiro têm até o dia 15 de setembro para apresentar os projetos ao Conselho Deliberativo. “O que me deixa mais satisfeito é a preocupação da cidade em manter bem o Criciúma. Temos movimentos dentro da cidade, como de fora, em busca da gestão do Criciúma. A diretoria determinou o dia 15 de setembro como limite para receber esses projetos. Isso para nós, torcedores do Criciúma, é muito interessante”, comenta o presidente do Conselho Deliberativo, Carlos Henrique Alamini, em entrevista à rádio Som Maior.

Na sexta-feira passada, uma reunião tratou da próxima gestão do clube, que substituirá Jaime Dal Farra e a empresa Gestão de Ativos (G.A.). O ex-presidente Moacir Fernandes lidera um grupo. O advogado Alexandre Farias também demonstrou interesse na gestão, mas pode não ser candidato, em prol da união com Fernandes. “Continuamos tirando dúvidas, passando informações. É um movimento intenso. Vão ser verificados os projetos, depois disso marcar reunião com os conselheiros e vai para votação se tiver mais de um. Qualquer projeto passará pelo Conselho: um ou 10”, pontua Alamini.

No sábado, dia 5, uma reunião entre os conselheiros tratará de uma mudança no estatuto do clube. “Quem pegar o Criciúma precisa fazer projetos junto à base. Nós fizemos edital para incluir duas linhas no nosso estatuto. Vamos precisar dos conselheiros senão vai prejudicar a nova gestão, que é onde vai buscar os valores para manutenção da base”, ressalta o presidente.

Articulação começa nesta semana

A reunião da última sexta-feira, com o grupo que tem Moacir Fernandes à frente, definiu um plano para começar a sucessão de Dal Farra, ainda que precise de aprovação do Conselho: a eleição de um novo vice-presidente de administração para a atual gestão. O empresário Anselmo Freitas assumirá a função, que está vaga desde a saída de Arlindo Rocha, em maio.

A intenção é já aportar investimentos no clube para que o acesso à Série B seja alcançado. “Estamos pensando em tentar ajudar o presidente a fazer com que a gente suba esse ano para a Série B, daí a receita que estamos planejando em nosso orçamento será muito maior. A Série B é lucrativa”, comentou Freitas, em entrevista à rádio Som Maior, ontem.

Dal Farra pretende continuar no clube, no futuro modelo, com um investidor, juntamente com vários que estão sendo contatados. “Essa semana será muito importante, de muito trabalho. Devo conversar com o presidente Jaime amanhã (hoje) ou quarta para tentar organizar, para a gente iniciar o ano que vem com tudo isso montado”, pontua.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

SC escolhe mais de 1500 novos Conselheiros Tutelares no primeiro domingo de outubro

São pelo menos cinco conselheiros em cada um dos 295 municípios catarinenses. Para votar, o cidadão deve estar cadastrado no TRE como eleitor.

Argel deixa o Tigre com 40% de aproveitamento

Passagem é a pior entre as três que o treinador teve pelo Tricolor Carvoeiro.

Confiança da indústria cai para pior nível desde outubro

Segundo a pesquisa, a confiança recuou em 11 dos 19 segmentos industriais pesquisados, e as quedas foram concentradas na avaliação do cenário atual.

Tigre empata em casa e decepciona torcedores

Criciúma ficou no 0 a 0 com o Juventude na estreia do técnico Mazola Júnior. Equipe afunda na zona de rebaixamento e soma apenas um ponto na competição.