Clima

Nuvem ‘shelf cloud’ e granizo são registrados em SC

Fenômenos ocorreram em Xanxerê, no Oeste Catarinense. Chuva de granizo também foi vista em outros municípios da região, mas não houve registro de danos, conforme Defesa Civil.

Divulgação

Uma nuvem conhecida como shelf cloud, ou nuvem prateleira, foi vista na manhã desta quinta-feira (30) em Xanxerê, no Oeste catarinense, informou a Coordenadoria Regional de Defesa Civil. Depois desse fenômeno, houve granizo, que também foi visto em outras cidades da região.

Não houve registro de estragos. Porém, ainda há risco de temporais em várias partes do estado até a noite de sexta (1°) (veja mais abaixo).

Conforme a Defesa Civil, a nuvem foi vista por volta das 8h50. O coordenador regional do órgão em Xanxerê, Luciano Peri, explicou a origem das shelf clouds.

“Formam-se quando o ar mais quente se eleva acima de uma camada de ar mais frio. Durante este processo, o ar aquecido condensa rapidamente, gerando o aspecto característico da nuvem”, disse Peri.

O fenômeno pode indicar perigo. “O movimento acelerado das shelf clouds, ocorrido em alguns casos, produz ventos muito fortes e danosos que acontecem antes da tempestade propriamente dita”, afirmou Peri.

Após a nuvem se dissipar, houve o granizo. Além de Xanxerê, o fenômeno foi visto nos municípios de Xaxim, Lajeado Grande, Faxinal dos Guedes e Vargeão.

Alerta de temporais de chuva volumosa

A Defesa Civil emitiu um alerta de temporais e chuva volumosa, que podem atingir parte do estado até a noite de sexta-feira (1º). Também podem ser registrados raios, rajadas de vento e granizo.

Mapa mostra risco de temporais em SC. Cor laranja indica risco alto e amarelo, moderado — Foto: Defesa Civil/Divulgação

Divulgação

O alerta vale para todas as regiões catarinenses, com exceção do Sul. Os volumes de chuva devem ficar entre 60 e 80 milímetros, podendo chegar a 100 milímetros. A média do mês de setembro para essa área fica entre 110 e 150 milímetros, segundo a Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições climáticas no estado.

Há risco de alagamentos, deslizamentos e enxurradas. No mapa divulgado pela Defesa Civil, as áreas em laranja têm risco alto e as em amarelo, moderado.

Com informações do G1 SC 

Notícias Relacionadas

Engenheiro da Famor esclarece aos vereadores de Orleans sobre trabalhos realizados

Na Ordem do Dia, foram aprovados Projeto de Lei Complementar, Moção de Apoio, Requerimento e Indicação.

Um projeto de lei e seis proposições pautam sessão do Legislativo de Lauro Müller

Atletas de Muay Thai, Karatê e Jiu Jitsu de Criciúma conquistam pódio em competições

Disputas foram no Rio de Janeiro e em Videira

“Ela era o tesouro da vida dele”, diz tia de policial morto pela filha em SC

Neife Werlang, de 46 anos, foi morto na sexta-feira (18) em São Miguel do Oeste; duas suspeitas estão apreendidas em Chapecó