Segurança

Objetos furtados de cemitérios de Araranguá podem ser recuperados

Aproximadamente 50 quilos contendo os objetos foram abandonados em um ferro-velho.

Diversos objetos furtados de cemitérios do município estão à disposição de familiares no Departamento de Gestão Participativa, localizado na sede da Prefeitura de Araranguá. Imagens sacras, letreiros de túmulos, placas póstumas com fotos de pessoas falecidas e entre outras peças foram recuperadas pela Polícia Militar, em uma operação na última quarta-feira (22).

De acordo com a diretora de Gestão Participativa, Iraídes Dal Pont, dois sacos de aproximadamente 50 quilos contendo os objetos foram abandonados em um ferro-velho. “O que a PM nos relatou foi que dois homens tentaram vender estes objetos que são de metais com valor de mercado em um ferro-velho. O proprietário ameaçou chamar a polícia e então os dois fugiram e deixaram as peças no estabelecimento”, conta.

A diretora acredita que a maioria dos pertences é de finados sepultados no Cemitério Municipal Cruz das Almas, localizado na Avenida Getúlio Vargas. “Como nós estamos em fase de implantação da digitalização dos túmulos, é possível detectar que mais de 90% dos objetos foram violados do Cemitério Cruz das Almas, mas se alguma família teve a perda de objetos de outros cemitérios, pode nos procurar”, comenta Iraídes.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Araranguá

  • 631cc4381a95ad4e6823fb3bc955e5ae
  • 0a906ea0f9d06a5f6dd884d85f0026bf
  • 938c7b768e2e727f4b9f517dc5f02d1e