Segurança

Paraplégico arquiteta assalto a posto de combustível de Araranguá e dois são presos

Homem convenceu dois comparsas para cometer o crime. Minutos a Polícia Militar prendeu dois assaltantes

Mais uma vez um Posto de Combustível, localizado na rodovia Governador Jorge Lacerda, no bairro Divinéia, em Araranguá, foi alvo de assaltantes. Por volta das 19h35min de sábado (25), um veículo Chevette de cor verde, com três homens chegou no posto, um trajando moletom de cor branca desceu armado, rendeu as vítimas e roubou aproximadamente R$ 370,00.

O trio fugiu após o crime em alta velocidade sentido praias e a Polícia Militar foi imediatamente comunicada. Um cerco foi montado pelas guarnições, iniciando uma varredura nos possíveis pontos onde os marginais poderiam estar.

Os militares foram informados de que um mesmo veículo havia sido visto por populares na Rua José Adolfo Rick e lá um homem estava armado, ostentando e intimidando desafetos. Não tendo dúvida da autoria do assalto, os policiais se dirigiram para a Rua Salvato Orige, no bairro Lagoão, e, lá, uma guarnição localizou o veículo Chevette em uma garagem, com dois homens no interior. Apoio foi solicitado e o local foi cercado.

Dentro do automóvel estavam G. A., de 40 anos, que conduziu o veículo durante o crime, e J. M. F. J., de 30 anos, que estava com uma arma no colo. No ano passado, este levou um tiro de um desafeto em via pública e ficou paraplégico. Foi o homem quem arquitetou o assalto e convenceu dois comparsas para o cometimento do crime. Para a polícia, ele afirmou que a arma era dele. O terceiro criminoso não foi localizado.

A arma e o veículo usados no roubo foram apreendidos e levados para a Central de Polícia, assim como os presos em flagrante. Entretanto, para conduzir o homem para a delegacia, a ambulância do Corpo de Bombeiros de Araranguá foi chamada para prestar auxílio e colocar o detido em uma maca.

Em consulta ao sistema, os militares foram comunicados de que G. tinha mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro de vulnerável. Já J. confirmou que está em prisão domiciliar por furto. Na delegacia, o delegado plantonista autuou a dupla pelo crime de roubo e, neste domingo, ambos foram levados à audiência de custódia.

Com informações da Revista W3

  • 6c7d12ecbdaf0f045f95bc7f52a67ffc
  • d0d3a1967c9db4fd2109f74ca41bd5a3
  • 0f4a6833c096139e4b9fc45484fd42be
  • 6e2cd0c7bcd8c76e0bc91978792e2266