Geral

Passeios públicos da Henrique Lage e ponte na Centenário receberão revitalizações

Mais duas obras que fazem parte do projeto do Canal Auxiliar estão prestes a serem implantadas pelo Governo Municipal. A Rua Henrique Lage terá seus passeios públicos revitalizados e a ponte localizada na Avenida Centenário, no bairro Santo Antônio, será complementada.

De acordo com o engenheiro e coordenador do projeto, Roberto Luiz Búrigo, as obras na Henrique Lage iniciam no mês de julho. Já a complementação da ponte tem previsão para começar em agosto. Os serviços que irão abranger a principal avenida de Criciúma, no sentido Pinheirinho-Centro, custarão R$ 1,2 milhão. As melhorias nos passeios e travessas nos trechos das Ruas Henrique Lages, Anita Garibaldi e Vitório Serafim estão orçados em R$ 350 mil e serão executadas pela empresa Branco LTDA, vencedora da licitação.

A área também ficará ainda mais bonita com outras intervenções, afirma o Búrigo. “Vai haver a remoção de postes deste trecho para que possa ser feita toda a revitalização na iluminação pública, pois nessa parte será implantado sistema de energia subterrânea pela Celesc”, informa Búrigo. O coordenador acrescenta que, a partir da semana que vem, uma equipe passará pela Rua Henrique Lage informando lojistas, proprietários e moradores sobre a realização dos serviços.

Esta função faz parte do programa social de infraestrutura e mobilidade urbana, que tem como objetivo orientar a população sobre as construções. “O projeto social é voltado a informar a população, através de informes publicitários e paineis informativos, sobre etapas e cronograma das construções, as questões ambientais, os possíveis transtornos que elas podem causar”, afirma a assistente social Jane Silvia Santos. Um comunicado sobre o início das obras na Henrique Lages já foi realizado para informar a mídia e a população.

Canal Auxiliar em fase de licitação e análise

O projeto para a realização da segunda etapa do Canal Auxiliar, que tem por objetivo o escoamento das águas do Rio Criciúma, está aprovado, porém está em fase de análise e de definição da licitação. O recurso para a obra, que provém do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 1) por meio do Ministério das Cidades, está garantido na Caixa Econômica Federal. A macrodrenagem será realizada entre a Rua Vitório Serafim e a Avenida Centenário, na altura do Posto Charlene, e o gasto geral com a revitalização será de R$11 mil.

Búrigo afirma que haverão muitos processos a serem feitos na localidade. “Compreende a revitalização do rio, a fixação das margens, disponibilidade de infraestrutura para ampliação da Rua Araranguá e ampliação do bueiro da Avenida Centenário”, diz. O empreendimento poderá causar transtornos, principalmente quanto ao trânsito na região na Avenida Centenário e na Rua Araranguá.

Como rota alternativa para este período as ruas Anita Garibaldi e José Patrocínio já foram asfaltadas para fazer uma ligação com a Álvaro Catão. “Apesar dos transtornos, esta obra é totalmente necessária para a infraestrutura de Criciúma. Mas é algo que já estava previsto e a outra etapa do Canal Auxiliar já contemplou melhorias para os locais afetados”, frisa o Secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana André De Luca.

Colaboração: Denise Possebon/Diretoria Executiva de Comunicação

  • 207b9e8e37090dd28439076933b66a58
  • 8c0f729c50cf4da9b9bf99b5a553b464