Segurança

PF desarticula organização criminosa especializada em estelionato, em Laguna

Foto: Divulgação / Notisul

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (19), a Operação Múltipla Identidade, visando desarticular organização criminosa especializada na prática de crimes de estelionato.

Foram cumpridos dois mandados de prisão e dois mandados de busca e apreensão em Laguna, expedidos pela Justiça Federal.

De acordo com as investigações, os indiciados utilizavam documentos falsos em nome de terceiros, especialmente aposentados, visando à obtenção de empréstimos consignados perante instituições financeiras, incluindo a Caixa Econômica Federal.

A organização criminosa utilizava uma rede de laranjas para abertura de contas e saque dos valores perante agências bancárias em diversos municípios de Santa Catarina, tendo sido apurado prejuízo superior a R$ 100 mil.

Os investigados responderão pelos crimes de estelionato em prejuízo de entidade de direito público e de integração de organização criminosa, as penas máximas somadas podem chegar a mais de 14 anos de prisão.

Com informações do Portal Notisul

Notícias Relacionadas

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito

Revólver, munições e droga são encontrados durante blitz realizada pela PMRv de Içara

Jovem embriagado bate carro e dirige por 3 km com pneus estourados em Urussanga

Motorista de 19 anos colidiu antes em barranco na SC-445. Segundo a PMRv, ele tinha saído de uma festa onde passou a madrugada, momentos antes do acidente.