Segurança

PF prende irmão de um dos maiores narcotraficantes da América Latina

Ele era procurado por tráfico de drogas, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Divulgação

Na última terça-feira, dia 26, a Polícia Federal (PF) efetuou a prisão do irmão de um dos maiores narcotraficantes da América Latina, desencadeando uma operação em um condomínio de Foz do Iguaçu, no Paraná (PR). Este homem, foragido da Justiça paraguaia, teve sua prisão preventiva decretada em março de 2022 pelos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

A investigação da PF revelou que o suspeito encontrava-se no Brasil para acompanhar o nascimento de seu filho, cuja mãe é boliviana. Os mandados de prisão e busca e apreensão foram expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O nome do detido já figurava na lista de Difusão Vermelha da Interpol, evidenciando sua atuação clandestina em diversos países da América do Sul.

O indivíduo detido é irmão do mais procurado pela Justiça do Uruguai por envolvimento em tráfico internacional de drogas. Além disso, desempenhava o papel de intermediário em viagens entre a Bolívia e o Paraguai, assegurando as transações ilícitas de seu irmão e efetuando pagamentos a organizações criminosas fornecedoras de drogas.

A dupla estava ligada ao grupo criminoso Primer Cartel Uruguayo, conhecido por seu poder financeiro expressivo. A organização chegou a cooptar agentes que atuavam na Interpol paraguaia, reforçando sua influência na região. A prisão do irmão representa um golpe significativo nas operações do cartel, revelando a complexidade das redes criminosas transnacionais na América Latina.

Informações retiradas do R7

Notícias Relacionadas

Suspeito de apedrejar, estuprar e jogar mulher que voltava de aula dentro de riacho é preso em SC

Vítima chegou a ligar para o marido falando que era seguida, mas ele não chegou a tempo. Caso ocorreu em Jaraguá do Sul. O estado de saúde dela é considerado estável.

Dino propõe fim da aposentadoria compulsória para juízes e militares

Perda do benefício poderá ser aplicada aos que cometerem delito grave

Supercarga de explosivos é localizada pela polícia em pacata cidade de SC

Explosivos foram encontrados em área rural e serão periciados

Empresário de SC é desmascarado após 20 anos se passando por outra pessoa

De acordo com a Polícia Civil, nem esposa e filhos do homem sabiam que ele usava nome falso