Geral

Porto de Imbituba tem alta de 11,7% na movimentação de fevereiro

Após o bom desempenho operacional de janeiro, o Porto de Imbituba manteve a curva de crescimento e registrou alta na movimentação de fevereiro. No período, foram transportadas 391 mil toneladas, resultado 11,7% superior ao de fevereiro de 2020. Comparado ao 1º bimestre do último ano, o volume alcançado em 2021 é 15,2% maior.

O porto público atendeu 17 navios em fevereiro para embarques e desembarques de um variado portfólio de cargas, além da recepção do Navio Hidroceanográfico (NHo) TAURUS, da Marinha do Brasil, e da saída do comboio – balsa Z MAX XX + rebocador C TUFÃO – com cabos elétricos. Coque, minério de ferro, contêineres e hulha betuminosa foram os produtos com maiores volumes operacionais em toneladas.

Para o diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Fábio Riera, “os bons resultados refletem a confiança do mercado nos serviços que o Porto e a comunidade portuária de Imbituba oferecem”. Riera ressalta que a perspectiva é manter o crescimento e alcançar novo recorde de movimentação em 2021. “Já temos embarques confirmados de granéis agrícolas e minerais, por exemplo, que reforçam a expectativa positiva de desempenho operacional para este ano”, conclui.

Notícias Relacionadas

Tráfego de veículos na Serra do Rio do Rastro será bloqueado no feriado de Tiradentes

Como medida compensatória, o trânsito estará liberado de sexta-feira, 23, até segunda-feira, 26, às 7h. A partir das 7h de segunda-feira, volta a valer o bloqueio nos horários de costume

Foragido por matar médica em Itapema é encontrado na casa de namorada no RS

Idoso matou a companheira em março do ano passado e iniciou um novo relacionamento enquanto se escondia da polícia

Operação Rainha de Copas: Contratos, celulares e carros de luxo são apreendidos em mansão e triplex em SC

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta quarta-feira (14)

Covid-19 é a doença que mais causa mortes em SC em 2021

Dados do Registro Civil mostram que março de 2021 foi o mês com mais óbitos em Santa Catarina desde o início da série histórica