Geral

Procon de Tubarão realiza pesquisa de preços para o material escolar

O ano letivo de 2021 deve começar no dia 18 de fevereiro em Tubarão.

Divulgação

Apesar da incerteza quanto a volta às aulas, em virtude do cenário causado pela pandemia de Covid-19, o ano letivo de 2021 deve começar no dia 18 de fevereiro, ao menos em Tubarão. Com isso em vista, o Procon do Município realizou pesquisa de preços para o material escolar, com o objetivo de orientar os pais e/ou responsáveis no momento das compras.

Os trabalhos de pesquisa foram realizados entre os dias 14 e 19 deste mês, em cinco estabelecimentos da cidade. Ressalta-se que a pesquisa levou em consideração os itens mais pedidos nas listas de material escolar enviadas por algumas instituições de ensino.

Como a situação é nova para todos, tendo em vista o que ocorreu com as aulas no ano passado, algumas dicas se fazem importantes a serem seguidas pelas famílias, sempre com o intuito de se economizar e, ao mesmo tempo, garantir o melhor material para suas crianças. Por exemplo, verificar o que sobrou do ano passado, uma vez que, obviamente, pouca coisa foi usada, já que as aulas se deram em casa, e isso vale não só para itens de uso pessoal, como apontadores, borrachas, canetas, lápis, etc, como também para os livros didáticos, de literatura ou de outra natureza, e que possam ser reaproveitados.

No momento das compras, é primordial, ainda, que se faça uma boa pesquisa, por conta própria, dentre os estabelecimentos, pois existem diferenças consideráveis de preço de um mesmo produto entre eles.

E não se esqueça nunca de exigir a nota fiscal de tudo o que for comprado. Confira à pesquisa completa aqui.

Notícias Relacionadas

Sem vencedores, Mega-Sena acumula e prêmio chega a R$ 21 milhões

Próximo sorteio acontece nesta quinta-feira (21).

Eventos são retomados no teatro municipal em Criciúma

As primeiras atrações estão programadas para hoje (20), sábado (23) e no dia 6 de novembro.

Dupla que aplicou golpe de R$ 10 mil contra idoso em Tubarão é identificada

Vítima perdeu aproximadamente R$ 10 mil. Os dois suspeitos seguem foragidos.

Criança se engasga com parafuso em Imbituba

A criança estava com sangramento pelo nariz e boca; um policial fez manobras de salvamento e o menino expeliu o objeto de plástico.