Educação

Raciocínio lógico é estimulado com gincana de Matemática no Colégio Satc

Desafio desta segunda foi o campeonato de cubo mágico

Divulgação

Os estudantes do 6º ano do ensino fundamental ao 1º ano do ensino médio do Colégio Satc estão participando de uma gincana de Matemática. A proposta é desenvolver o raciocínio lógico por meio de atividades especiais, brincadeiras e métodos diferenciados. Na manhã desta segunda-feira (24) foi a vez do desafio do cubo mágico. A tarefa reuniu alunos das turmas participantes que se desafiaram a decifrar a peça.

“São vários desafios propostos para as turmas. Hoje é o cubo mágico, e para resolver é preciso entender o algoritmo”, informou a professora Adriane Scussel. Apaixonada pelo que o cubo pode proporcionar, a educadora aprendeu a mexer com ele há sete anos. “Ele traz mais criatividade e muda a visão como aprendemos a resolver problemas”, argumentou.

Para equilibrar a disputa, o Colégio Satc convidou uma equipe de ‘embaralhamento’. As jogadoras Maria Eduarda Pires da Luz, Tainá da Silva da Rosa e Yara da Silva da Rosa vieram para embaralhar as peças, nivelando a competição para todos.

A gincana de Matemática vai ter novas atividades nas próximas semanas. “Queremos estimular o raciocínio lógico, promovendo brincadeiras e provas diferenciadas”, ressaltou a coordenadora do ensino médio, Adriana Just Schmidt. O próximo desafio é uma prova envolvendo o tangram, o quebra-cabeça chinês com formas geométricas.

Notícias Relacionadas

Fiocruz entrega mais de 2 milhões de doses de vacina ao PNI

No total, foram entregues 4,5 milhões de doses nesta semana

Veículo de Forquilhinha se envolve em engavetamento, em Bom Jardim da Serra

Um caminhão de São Martinho e um Ford/Fiesta de Bom Jardim da Serra também se envolveram no mesmo engavetamento

Residência é furtada em plena luz do dia, em Tubarão

Proprietário saiu pela manhã e ao voltar para casa à tarde encontrou o local invadido

Acidente de trânsito deixa uma pessoa ferida na Estrada Geral, em Orleans

Chegando no hospital, o motorista relatou que dormiu no volante e saiu da pista, colidindo no barranco, ele disse estar sentindo dores de cabeça e dor na face, sem sinais de embriaguez