Saúde

Rede Feminina de Orleans comemora 20 anos de fundação com lançamento de livro

Obra "Rede Feminina de Combate ao Câncer de Orleans, 20 anos de amor ao próximo" foi lançada durante cerimônia de comemoração.

Fotos: Ketully Beltrame / Sul in Foco

Rede Feminina de Combate ao Câncer de Orleans, 20 anos de amor ao próximo“. Este é o título do livro lançado pela entidade nessa quinta-feira (5), que traduz também o trabalho das voluntárias durante a trajetória de duas décadas desde a fundação, em 5 de junho de 1998.

Para celebrar os dois marcos históricos, uma cerimônia foi realizada nessa terça-feira (5), no Centro dos Idosos Emília Debiasi Pinter. O evento reuniu voluntárias da RFCC de diversos municípios de Santa Catarina, autoridades locais, patrocinadores e a população em geral.

Compuseram a mesa de honra, a presidente da Rede Feminina de Orleans, Maria Aparecida Costa Kawano; presidente da Rede Feminina de Santa Catarina, Sônia Rieg Fischer; ex-presidente e fundadora da Rede Feminina de Orleans, Elzira Berger Zomer; a terceira presidente da Rede Feminina de Orleans e autora do livro, Mirele Cruz Debiasi Périco; a também autora do livro, Edina Furlan Rampineli; o vice-prefeito de Orleans, Mário Coan; e o reitor do Unibave, Élcio Willemann.

Foto: Ketully Beltrame / Sul in Foco

Há 20 anos, a primeira diretoria foi empossada sob a presidência de Elzira Berger Zomer e as voluntárias fizeram o juramento. “Foram 20 anos de amor ao próximo. A concretização do sonho da dona Neni foi possível graças ao trabalho de muitas mulheres que dedicaram tempo e amor em prol da prevenção do câncer. O livro lançado é um retrato da nossa trajetória, da história de vida de uma entidade que busca consolar, orientar, dar carinho e alento a muitas mulheres que lutam contra o câncer ou que buscam orientação para prevenção”, afirmou a atual presidente Maria Aparecida Costa Kawano.

As autoras Edina e Mirele falaram do sentimento de gratificação alcançado através do voluntariado. “Participar de uma organização como a Rede Feminina de Combate ao Câncer é aprender a lidar com a ameaça da dor, com as possibilidades de prevenção, superação e busca constante da cura, não só por meio de medicamentos alopáticos, mas, especialmente, por meio do abraço, do afeto, do carinho, do amor e da empatia dos ‘Anjos de Rosa’, que acolhem e aconchegam todas as pessoas que procuram, na Rede Feminina, orientação e alento”, relatou Edina.

“Ser voluntária é se sentir no céu, sem tirar os pés do chão. É sentir o poder do abraço e descobrir que o afeto, o ombro amigo e a mão estendida, curam mais que remédio. A união das voluntárias faz a diferença. Sozinhas somos pétalas, juntas somos rosas. Que o jardim da nossa Rede Feminina esteja sempre florido com o sorriso, carinho e afeto dos verdadeiros Anjos de Rosa, que desenvolvem um trabalho sério, com ética e comprometimento, buscando não só oferecer um atendimento preventivo de qualidade, mas também dar atenção, carinho e amor. A atividades realizadas pela Rede Feminina, permitem que os casos de câncer sejam diagnosticados cada vez mais cedo, aumentando a possibilidade de cura”, acrescentou Mirele.

O Grupo de Dança da Escola Barriga Verde, sob a coordenação da coreógrafa e professora Renata Righeto Jung Crocetta, realizou uma apresentação durante a execução do hino da entidade, intitulado Rosas de Amor. Além disso, a canção Rosa, de Pixinguinha, foi interpretada por Fernanda Zanette de Oliveira. A voluntária Marilene de Andrade Dalazen, por sua vez, declarou a poesia Prevenção, de autoria do professor do curso de Direito do Unibave, Hermínio Antônio da Silva Filho, que a compôs especialmente para a ocasião.

Após a cerimônia, o bolo rosa pesando 20 quilos e um coquetel foram servidos aos presentes.

Foto: Ketully Beltrame / Sul in Foco

Foto: Ketully Beltrame / Sul in Foco

Construção da sede própria

Com a venda dos exemplares dos livros, pelo valor de R$ 25, o intuito é arrecadar recursos para a construção da sede própria da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Orleans.

O trabalho apresentado na obra detalha informações sobre o movimento Rede Feminina no Brasil, em Santa Catarina e em Orleans, que trouxe muitos benefícios para a saúde das mulheres brasileiras.

“Temos consciência que a obra não está completa. Muito ainda teríamos para contar, pois, é difícil relatar em poucas páginas, uma trajetória de 20 anos de dedicação, carinho e amor ao próximo.  Nossa gratidão a todos que se engajaram nesta causa e contribuíram para que esta obra fosse concluída”, afirmou Edina.

Conforme Mirele, a obra foi escrita de forma totalmente voluntária. “Eu e a Edina nos doamos inteiramente para esta causa. A missão da Rede agora é vender essa obra. Precisamos de recursos para a construção do nosso grande sonho, a sede própria da nossa Rede Feminina. Sabemos que não é uma tarefa simples, mas com as asas dos anjos de rosa unidas, seremos mais fortes. Por isso pedimos carinhosamente, que vocês nos ajudem nesta causa, comprando um exemplar do livro”, ressaltou.

Os interessados podem se dirigir à sede atual, ao lado da Fundação Hospitalar Santa Otília – FHSO, ou entrar em contato pelo telefone (48) 9926-4507.

Sobre as autoras:

Edina Furlan Rampineli – É pedagoga, especialista em Fundamentos da Educação, mestre em Educação e Cultura. Exerce a função de diretora de Cultura e Eventos no Unibave. É membro do Conselho Diretor da Febave e do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Orleans. É membro do Instituto Histórico e Geográfico das Teras dos Condes – Encontras da Serra Geral. Ela é pesquisadora autora de artigos publicados em anais e revistas. É voluntária da Rede Feminina de Orleans desde 2015.

Mirele Cruz Debiasi Périco – É graduada em Administração e especialista em Gestão Empresarial. É vereadora de Orleans, presidente da Comissão de Educação, Cultura, Saúde e Assistência Social. É membro da ONG Dog Lovers, da Creche Santa Rita de Cássia e do Conselho Curador da Fundação Hospitalar Santa Otília de Orleans. É voluntária da Rede Feminina de Orleans desde 2009, sendo presidente entre 2012 e 2016. Foi considerada a mais jovem presidente do país.

O prefácio da obra é de autoria da presidente da Rede Feminina Estadual, Sônia Rieg Fischer; e a diagramação é de responsabilidade de Felipe Marlondrey Baltazar Cardoso.

  • IMG_9063
  • IMG_9064
  • IMG_9068
  • IMG_9069
  • IMG_9070
  • IMG_9071
  • IMG_9072
  • IMG_9074
  • IMG_9081
  • IMG_9084
  • IMG_9088
  • IMG_9096
  • IMG_9103
  • IMG_9106
  • IMG_9108
  • IMG_9110
  • IMG_9112
  • IMG_9117
  • IMG_9123
  • IMG_9126
  • IMG_9128
  • IMG_9131
  • IMG_9132
  • IMG_9135
  • IMG_9144
  • IMG_9147
  • IMG_9154
  • IMG_9160
  • IMG_9165
  • IMG_9170
  • IMG_9172
  • IMG_9174
  • IMG_9177
  • IMG_9180
  • IMG_9182
  • IMG_9183
  • IMG_9185
  • IMG_9189
  • IMG_9191
  • IMG_9197
  • IMG_9203
  • IMG_9204
  • IMG_9206
  • IMG_9208
  • IMG_9210
  • IMG_9212
  • IMG_9213
  • IMG_9214
  • IMG_9216
  • IMG_9217
  • IMG_9219
  • IMG_9221
  • IMG_9223
  • IMG_9225
  • IMG_9227
  • IMG_9229
  • IMG_9236
  • IMG_9239
  • IMG_9240
  • IMG_9247
  • IMG_9249
  • IMG_9250
  • IMG_9260
  • IMG_9261
  • IMG_9268

Notícias Relacionadas

Feirão Roluza sorteia 11 vale compras em comemoração ao aniversário da loja

A loja está repleta de novidades para atender o movimento de fim do ano, com reposição semanal. Quem comprar na Roluza concorrerá a um carro 0 km.

Grupo RB recepciona clientes durante evento em comemoração ao 5º aniversário

No mês de aniversário do ECA, Conselho Tutelar de Lauro Müller faz resumo da história e ações no município

Para lembrar e celebrar o aniversário do ECA, o Conselho Tutelar de Lauro Müller montou um histórico das ações realizadas desde 1994, ano de criação do órgão no município.

I Feira do Livro é oficialmente aberta em Orleans