Geral

Renda extra: Grupo Forquilhinha recruta motoristas para atuarem no gpscola

CNH B e veículo com até 10 anos de uso com ar condicionado são os requisitos para a vaga

Divulgação

Oportunidade para aqueles que buscam um complemento na renda familiar. O Grupo Forquilhinha está recrutando motoristas para atuarem no gpscola. Se trata de um aplicativo de transporte escolar que monitora o trajeto dos estudantes através de um QR Code, que é disponibilizado aos usuários. Para se candidatar às vagas, bata possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) B e veículo com até 10 anos de uso com ar condicionado. Os interessados podem entrar em contato por telefone ou WhatsApp através do (48) 3478-2622.

“Procuramos pessoas dispostas à ofertar um serviço com responsabilidade e qualidade, cumprindo os horários escolares”, ressaltou o analista Operacional do Grupo Forquilhinha, Willian Mota.

Horários

As viagens são realizadas nos horários de entrada e saída das escolas, que são na parte da manhã, do meio dia, início e final de tarde.

Manhã: das 7h às 8h15

Meio dia: 11h40 às 12h30

Início de tarde: 12h40 às 13h30

Final de tarde: 16h30 às 17h30

O projeto é uma iniciativa da Prefeitura de Criciúma. O Grupo Forquilhinha foi a empresa vencedora da licitação para a prestação dos serviços, que atende alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e da Associação de Amigos do Autista (Ama) de Criciúma.

Notícias Relacionadas

Homem morre esmagado por trator em SC

Máquina sofreu empinamento e prensou a vítima entre o trator e uma árvore que estava sendo arrastada

Menino de 9 anos morre após bicicleta ficar prensada entre veículos em SC

Garoto chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu

Centro de Reabilitação Cardiopulmonar Pós-Covid completa um ano com números positivos em Criciúma

Em 12 meses, foram mais de mil pacientes, sendo que 310 receberam alta. Além disso, o centro contou com mais de 53,3 mil procedimentos realizados

Fundação Cultural de Criciúma estende Primavera dos Museus

Exposição, no Memorial Casa do Agente Ferroviário Mario Ghisi, ficará acessível até o fim do ano