Geral

Representantes da cidade de Rio das Flores conhecem o projeto 100% Esgoto Sanitário Tratado de São Ludgero

Rio das Flores é um município do estado do Rio de Janeiro, tem uma área territorial de 477,662 km² e uma população estimada em 12 mil habitantes

Divulgação

Com o objetivo de conhecer in loco o projeto 100% Esgoto Doméstico Tratado de São Ludgero, que é case de sucesso e eficiência para o Brasil, em especial o Sistema Individual de Tratamento (SIT) nas residências rurais, estão visitando o município o Secretário de Meio Ambiente da cidade de Rio das Flores (RJ), Guilherme Silva Guedes, e a consultora Carolina Machado. Foram recepcionados ontem, quarta-feira, 13, pelo prefeito Ibaneis Lembeck, o Iba, e pela Diretora Geral do Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto (Samae), Judite Peters Schurohff. Ficam em São Ludgero até hoje, quinta-feira, 14, até final da tarde.

Ao chegarem se reuniram no Gabinete do Prefeito com a equipe da Prefeitura de São Ludgero que apresentaram e, detalharam, a história do tratamento de esgoto nas áreas urbana e rural da cidade. Os visitantes fizeram seus questionamentos e sanaram todas as dúvidas. Em seguida, conheceram in loco a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), localizada no centro da cidade. Hoje, quinta-feira, 14, acompanharam instalações de Sistemas Individuais de Tratamento em residências novas nas comunidades do interior acompanhado do Secretário de Agricultura, Comércio, Indústria e Turismo, Paulo Sérgio Lorenzetti. Também, conheceram a Estação de Tratamento de Água (ETA) e a Sede Administrativa do Samae. Durante as visitas conheceram a eficiência de São Ludgero no tratamento de água, sem nenhum tipo de desperdício com o uso de alta tecnologia, e tiveram a oportunidade de ir até o Morro da Cruz, que oportuniza uma belíssima visão das praias de Laguna e as Encostas da Serra Geral. Além disso, conheceram outro case de sucesso na aplicação do dinheiro público, que é a inovação na forma de executar pavimentações, fazendo muito mais com menos.

O Secretário de Meio Ambiente de Rio das Flores, Guilherme Silva Guedes, diz que a visita foi motivada pelo projeto que oportuniza tratamento de esgoto na área rural, uma das propostas e desejo da Gestão Municipal atual de querer implantar na cidade. “Existiam algumas dúvidas, mas ao chegar e conhecer a dinâmica da Gestão Municipal de São Ludgero, in loco, percebemos que existe zelo muito grande com o dinheiro público e são muito eficientes em tudo que fazem”, pontua. Ele completa que Rio das Flores possui coleta de esgoto em 60% do perímetro urbano e quer intensificar os investimentos na área. “Algo positivo em São Ludgero é que a política não tem interferência no projeto de saneamento, é um projeto da cidade, orgulho de todos”, completa.

Sobre a visita o prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, o Iba, diz que a troca de experiências deve sempre existir entre as gestões públicas. “Assim como o Guilherme e a Carolina saíram do Rio de Janeiro para conhecer algo bom para implantar na cidade a qual amam muito, nós aqui de São Ludgero, também buscamos novas ideias que possam contribuir com o desenvolvimento saudável da cidade e o aumento da qualidade das pessoas”, declara.

Rio das Flores é um município do estado do Rio de Janeiro, tem uma área territorial de 477,662 km² e uma população estimada em 12 mil habitantes.

Notícias Relacionadas

Ciclofaixa ganha destaque em Braço do Norte

De acordo com o prefeito, Beto Kuerten Marcelino, uma das metas estipuladas pela gestão para 2021 era acentuar o embelezamento, limpeza e sinalizações.

PRF flagra 9 toneladas a mais em uma única carreta na BR-101, em Araranguá

O excesso de peso aumenta o risco de acidentes, pois sobrecarrega o sistema de suspensão e freios do veículo.

Prefeitura de Braço do Norte injeta mais de R$ 1,4 mi com 1ª parcela do 13º dos servidores

A segunda parcela do 13° será paga em dezembro, junto com a folha de pagamento.

Coorsel e Caravana Mulher Atitude promovem 5ª edição da Noite Rosa, em Orleans

Parceria entre a cooperativa e a vereadora orleanense Mirele Debiasi e a Rede Feminina é gratuita e contará com a participação de dois palestrantes.