Geral

Rever: aplicativo que contribui para a coleta seletiva já tem grande demanda de usuários em Criciúma

Plataforma digital auxilia nas denúncias de irregularidades e solicitações para coletas

Divulgação/Decom/Ana de Mattia

O Governo Municipal de Criciúma, em parceria com a Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), está incentivando a realização de atividades voltadas à conscientização sobre o ecossistema. O aplicativo Rever, que contribui para a coleta seletiva, já conta com mais de 600 downloads efetuados nos aparelhos celulares pela população.

O aplicativo está disponível na App Store e Play Store. “Nestes poucos meses de utilização do app já podemos confirmar a contribuição significativa da população no registro de irregularidades ambientais e solicitações sobre as coletas. Com o lembrete automático das coletas, o cidadão também pode fazer o acompanhamento. O app é uma via de mão dupla e é uma ferramenta colaborativa”, comentou o sócio fundador da Appso Tecnologia, Fabricio Cardoso de Jesus.

Como funciona o Rever

O Rever conta com três principais funcionalidades: um lembrete automático avisando que o caminhão da coleta seletiva passará pela rua do bairro do cidadão, um mural de divulgação de informativos, campanhas, orientação sobre resíduo, e a opção de denúncia para a população registrar ocorrências, como descarte de lixo em local inadequado. “Nós precisamos rever os nossos conceitos, rever as nossas atitudes, repensar sobre essa utilização desenfreada, consumismo desenfreado e além de reutilizarmos tudo isso, para que possamos doar a quem precisa é uma forma de reutilizar”, afirmou a presidente da Famcri, Anequésselen Bitencourt Fortunato.

Os benefícios da ferramenta serão de curto, médio e longo prazo. No mês passado, em uma pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) mostrou que Criciúma está entre os municípios do Sul que tem 100% dos resíduos sólidos coletados de forma correta. Além disso, o município tem 70% dos bairros contemplados pela coleta seletiva.

Notícias Relacionadas

Em Laguna, governador autoriza emissário terrestre para a praia do Mar Grosso e libera recursos para hospital

A projeção da Casan é que o empreendimento fique pronto em janeiro de 2020. O emissário é uma rede de 2.718 metros de extensão e diâmetro de 315 milímetros, com tubos de polietileno.

Mais de 5,7 mil crianças comparecem na 1ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em Criciúma

Número superou a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde. Segunda etapa inicia dia 18 de novembro, com foco em adultos de 20 a 29 anos

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Tribunal de Justiça catarinense confirma pena para empresário que vendeu pipoca com rato dentro em Criciúma

Uma das vítimas, após ingerir a pipoca, teve intoxicação alimentar aguda causada por alimento contaminado.