Geral

Santa Catarina tem 826 casos de coronavírus e 26 mortes; Moisés ressalta subnotificação

Governador Carlos Moisés (PSL) atualiza os dados sobre o coronavírus em transmissão; confira.

Divulgação/Reprodução

Em transmissão na tarde desta segunda-feira(13), o governador Carlos Moisés (PSL) confirmou 826 casos e 26 mortes pelo coronavírus. Na ocasião, o governador reafirmou a fala do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que o momento mais crítico será entre maio e junho. “Nós não temos nenhuma outra saída se não encarar essa realidade. Proteger nossas famílias e, em um ato de respeito, proteger as outras, com resguardo”, observa.

Segundo os dados da Secretária de Estado da Saúde, são 105 pacientes internados em UTI, dos quais 76 necessitam de ventiladores. Também foi notificado que 99 pacientes saíram da UTI por melhora de quadro, e passam a ficar em leitos de enfermagem.

Antes das atualizações, Moisés abordou a construção do hospital de campanha a ser construído em Itajaí. Segundo o governador, algumas pessoas questionaram o custo do hospital que será construído na Marejada, que fica na ordem de R$ 76 milhões em seis meses.

Os questionamentos foram feitos com comparações de investimentos do Governo Federal. Contudo, a justificativa do governador é que o orçamento previsto para o hospital de Itajaí é em grande parte direcionado para a contratações de médicos e afins, o que por si só somaria R$ 22 milhões. São também R$ 36 milhões em insumos, o restante deve ser direcionado a equipamentos e outras despesas.

Moisés também realçou sua fala de que apoiará prefeituras municipais que quiserem restringir ainda mais as medidas implementadas pelo governo estadual.

Subnotificação

O governador citou que o número de caso deve ser maior do que o notificado. O tema já foi abordado recentemente pelo prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), que estimou 33 mil casos da Covid-19 na cidade.

“Nós temos uma estatística que não falha, há subnotificação de casos, é verdade. Há pesquisas que indicam que é possível que tenhamos mais de 2 mil casos por dia, inclusive aqui em Santa Catarina. Eu não posso confirmar essas pesquisas, porque eu não sei em que base elas se fundam, mas existe um resultado muito certo que é o número de óbitos”, observa Moisés.

“Quando as pessoas vem a falecer com alguma complicação, necessariamente elas são pesquisadas, e todas aquelas que positivam vão para a nossa estatística. Numa leitura reversa, a gente pode acreditar que de fato os número que nós temos hoje em termos de óbitos, refletem, um grande público contagiado”.

Cuidados e Boas Práticas

Na mesa de hoje, além dos secretários que estão usualmente, há o infectologista Eduardo Campos de Oliveira, que deu orientações sobre as práticas. “Estamos em um novo mundo, com novas práticas, que a partir de agora se tornam mandatórias”, observa.

Dr. Eduardo deu falou no mesmo sentido que o guia de boas práticas lançado pelo governo estadual. As orientações, além do reforço de higiene das mãos e isolamento social, foram de lavar as roupas assim que chegar em casa, e deixar os sapatos do lado de fora, ou higienizá-los assim que chegar em casa.

O governador seguiu a fala com observações sobre medidas de cautela, logo após as recentes regulamentações sobre máscaras e demais medidas de segurança. “Se nós não despertarmos um comportamento social responsável, nós vamos continuar também, mesmo com a ideai de isolamento, transmitindo o vírus deliberadamente sem controle”, afirmou.

Segundo o Secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, as academias e estúdios de ginástica ainda continuam suspensas. “Nesse momento, ambiente de academia, está suspenso para que não temos mais um atrativo de saída de residência”.

Segundo o secretário, ainda há “uma parcela significativa que não teve adesão [ás máscaras]”. Zeferino atestou que apesar de a medida não frear a contaminação, conta como um “salvo conduto” importante para saídas de casa essenciais.

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Governador planeja retomada gradativa da atividade econômica e projeta 713 novos leitos de UTI

O objetivo é adequar as medidas de isolamento à necessidade dos catarinenses com segurança.

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.