Geral

Santa Catarina terá sol, nuvens e chuva isolada nesta sexta

Em Florianópolis, a previsão é de céu nublado a encoberto com pancadas de chuva isoladas ao longo do dia. Temperatura mínima de 16°C e máxima de 19°C.

Divulgação

A sexta-feira (4), em Santa Catarina terá nebulosidade variável. O sol deve chegar a aparecer com nuvens no decorrer do dia na maioria das regiões, mas ainda ocorrem períodos de nublado a encoberto em que não se pode descartar chuva isolada em parte do Estado.

Em Tubarão, Braço do Norte e Laguna, no Sul do Estado a temperatura mínima é de 13ºC e a máxima de 17ºC. Já em Imbituba também no Sul, as temperaturas devem ficar entre 16ºC e 19ºC. Nestes municípios há nebulosidade e chances de chuvas isoladas. Também poderá chover na Serra, em Lages. Os termômetros devem marcar 13ºC a 21ºC. Em Concórdia e Chapecó, no Oeste catarinense não deve chover. As temperaturas devem ficar entre 15ºC e 25ºC.

Também há chance maior de instabilidade no Norte de Santa Catarina. Em Joinville deverá ter sol encoberto e pancadas de chuva pela manhã e também à tarde. A temperatura mínima será de 17ºC e a máxima 21ºC. Em Florianópolis, a temperatura se eleva durante o dia, mas terá marcas amenas. Faz frio na capital dos catarinenses e deve chover. Os termômetros devem marcar entre 16°C e 19°C.

Com informações do site Notisul

Notícias Relacionadas

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

Valor Bruto da Produção Agropecuária de Santa Catarina cresce 8,8% e chega a R$ 33,6 bilhões

A alta foi impulsionada principalmente pelo desempenho da produção pecuária.