Geral

SC deve receber nova remessa com 147,4 mil doses da Coronavac

Elas serão encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (dive), em São José.

Divulgação

Deverá chegar em Santa Catarina nesta quarta-feira (17), mais 147,4 mil novas doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan. Este será o maior lote recebido pelo Estado desde o início da Campanha de Vacinação. A expectativa é que as doses cheguem ao aeroporto, em Florianópolis, às 8h20.

Elas serão encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (dive), em São José. No local será realizada a distribuição para as 17 unidades descentralizadas (UDVES) das Regionais de Saúde.

O envio de metade das doses recebidas, um total 73.700 serão distribuídas para as regionais ainda nesta quarta, que farão a distribuição para os 295 municípios catarinenses. As vacinas, encaminhadas conforme recomendação do Ministério da Saúde (MS), serão para a aplicação da primeira dose (D1) nos grupos prioritários. A outra metade ficará armazenada na Central Estadual para garantir a aplicação da segunda dose (D2).

As doses que chegam nesta quarta serão destinadas à vacinação dos trabalhadores da saúde e idosos entre 75 e 79 anos. “Mais uma vez, vamos unir esforços de diversos órgãos estaduais para garantir que as doses cheguem no menor tempo possível a todos os municípios e possamos dar continuidade à vacinação dos grupos prioritários”, ressalta João Augusto Brancher Fuck, diretor da Dive.

Doses recebidas
Santa Catarina recebeu um total de 583.440 doses das vacinas Oxford/AstraZeneca e Coronavac/Butantan em oito remessas. Com mais essa remessa, chegará a um total de 730.840 doses recebidas.

As doses foram encaminhadas ao Estado nesta ordem:

  • 18.01.2021: 144.040 doses Butantan/Coronavac – Distribuído: (D1: 19/01 e D2: 02/02)
  • 24.01.2021: 47.500 doses Oxford/Astrazeneca – Distribuído: (D1: 25/01)
  • 25.01.2021: 21.600 doses Butantan/Coronavac – Distribuído (D1: 02/02 e D2: 19/02)
  • 07.02.2021: 85.000 doses Butantan/Coronavac – Distribuído (D1: 08/02 e D2: 25/02)
  • 24.02.2021: 59.500 doses Oxford/Astrazeneca – Distribuído (D1: 25/02)
  • 24.02.2021: 48.200 doses Butantan/Coronavac – Distribuído – metade 24.100 (D1: 25/02)
  • 03.03.2021: 91.200 doses Butantan/Coronavac – Distribuído – metade 45.600 (D1: 03 e 04/03)
  • 10.03.2021: 86.400 doses Butantan/Coronavac – Distribuído – metade 43.200 (D1: 10 e 11/03)
  • 17.03.2021: 147.400 doses Butantan/Coronavac

D1: Primeira Dose | D2: Segunda Dose

Com informações do site Notisul

Notícias Relacionadas

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

Santa Catarina tem menor taxa de desocupação e de pessoas na informalidade do país, aponta IBGE

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD-Covid 19) também apontou que a proporção de domicílios que receberam algum auxílio emergencial passou de 43% em junho para 44,1% em julho