Geral

Serviço de silagem beneficia agricultores de Urussanga

Com a perspectiva de chegar a 12 mil toneladas de silagem neste ano, a Administração Municipal de Urussanga, por meio da secretaria de Agricultura, oferece benefícios aos agricultores

Divulgação

Com a perspectiva de chegar a 12 mil toneladas de silagem neste ano, a Administração Municipal de Urussanga, por meio da secretaria de Agricultura, oferece benefícios aos agricultores como, por exemplo, horas máquina. O silo é produzido, segundo o secretário da Pasta, Itamar Dezan, até o mês de agosto e é intercalado ao plantio de feijão e fumo, o último um dos fortes dos produtores locais.

“Na entre safra de feijão, fumo e outros produtos, os agricultores plantam o milho para fazer a silagem e, assim, armazená-lo para alimentar o gado no inverno. Desde dezembro passado, quando o silo começou a ser colhido, já foram atendidos 38 produtores rurais com a produção de quase três mil toneladas”, revelou Dezan.

O Diretor de Agricultura também destaca que a média diária é de 18 horas/máquina e que a expectativa é produzir 12 mil toneladas de silo, neste ano. “Para atingir a quantia que estamos esperando, 12 mil toneladas de silo, serão atendidos, ao longo do ano, aproximadamente 250 agricultores. Isso, somente com a silagem, pois ainda oferecemos o gradeamento da terra entre outros serviços”, assinalou.

Para atender de maneira mais eficiente os produtores rurais do município o Governo ampliou a frota mecanizada que, hoje, é a maior de todos os tempos sendo composta por carreta de prancha, rolo compactador, distribuidor de adubo, grade aradora, ensiladeira, trator agrícola, bem como a terceirização de retroescavadeira e tratores para atender a demanda. Além de celebrar convênio com a Cooperativa Familiar Agroindustrial Sul Catarinense (COOFASUL), por meio da Lei Nº 2.919/2019, com o propósito de fomentar e dar suporte à atividade do agronegócio.

Além disso, outros projetos estão em andamento: a manutenção de estradas do interior e o projeto “Asfalto no Interior” que levou pavimentação para mais de 10 vias com o objetivo de auxiliar no escoamento da produção; o ‘Porteira Aberta’; instituiu o Vale Feira, que objetiva impulsionar a comercialização dos produtos da agricultura familiar; entregou a obra de revitalização do espaço da Feira Livre Municipal.

Também estabeleceu a Política de Incentivo e Valorização à Viticultura para Produção de Vinhos e Produtos Derivados da Uva, com o objetivo de fomentar o plantio da uva e a produção de vinho, promovendo e difundindo o enoturismo visando a geração de emprego e de renda no município. Já foram distribuídas mais de 5.000 mudas de uva goethe.

Notícias Relacionadas

Braço do Norte em busca de mais recursos em Brasília

O prefeito em exercício de Braço do Norte, Ronaldo Fornazza, retorna de Brasília nesta quinta-feira, 16, com novidades para o Município.

Suspensão da vacina para adolescentes revolta gestores da saúde de SC

Secretários municipais falam em "picuinha" do ministro e apontam para a falta de dados técnicos para suspender a vacinação deste grupo.

Refis 2021: contribuintes já podem solicitar renegociação em Braço do Norte

Os descontos de juros e multas são de 100% para pagamento em até três parcelas.

Homem sofre choque elétrico após encostar barra de alumínio em rede de alta tensão em Içara

Ele estava sobre o telhado da edificação comercial durante o acidente de trabalho e sofreu queimaduras elétricas de 3° grau.