Geral

Sul de SC segue com a gasolina mais ‘barata’ do Estado

Em Araranguá, Criciúma, Laguna e Tubarão, a média do litro da gasolina comum é de R$ 6,7, segundo a ANP; já em outras regiões o valor médio chega até R$ 7,3.

Foto: Divulgação

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) divulgou nesta semana um novo levantamento sobre o preço médio da gasolina comum em Santa Catarina e, na pesquisa, o Sul do Estado segue com o melhor valor. As coletas foram realizadas, entre 27 de março e 2 de abril, em 192 postos de combustíveis.

Entre os 21 municípios pesquisados, os do Sul catarinense despontam com o menor preço, cujo valor médio é de R$ 6,75. O destaque vai para Araranguá, onde a média do litro é R$ 6,69. Na última pesquisa, o combustível no município era encontrado a R$ 6,9, ou seja, houve uma redução de 3,28% por litro.

O ranking é seguido por Criciúma com gasolina a R$ 6,75, depois Laguna (R$ 6,79), que apresentaram uma redução de 1,62% no preço do combustível. Já Tubarão apresentava na última pesquisa o menor preço de gasolina em Santa Catarina, com o litro a R$ 6,7. Agora, o combustível está R$ 6,8 – um aumento de 1,49%.

Em outras cidades do Estado, o valor da gasolina é superior. Em Balneário Camboriú, Caçador, Concórdia e Videira, por exemplo, o preço médio é de R$ 7,3. Já na Capital, Palhoça, Chapeco e Mafra a média é de R$ 7.

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

Estado garantirá tratamento anual de R$ 2,7 milhões a criança de Laguna com AME, decide TJ

De acordo com os autos, a perícia médica comprovou que a criança, natural de Laguna, precisa do remédio e que inexiste, na rede pública de saúde, tratamento para a doença.

Coronavírus em SC: Governo do Estado estabelece novas medidas para o transporte aquaviário e comércio de refeições nas rodovias

A comercialização de refeições pode ser feita por restaurantes localizados às margens das estradas e oferecida exclusivamente para profissionais de serviços considerados essenciais pelo Governo do Estado, incluindo nesta categoria os transportadores de carga responsáveis pelo abastecimento e transbordo de insumos da saúde.

Procon autua posto de combustíveis por preço abusivo em Criciúma

Operação irá fiscalizar 40 estabelecimentos do município, três já foram autuados.

Respiradores: PGE aguarda depósito de mais R$ 2 milhões em favor do Estado a partir desta segunda

Com o depósito, o valor recuperado chega a 40% do total